Confira os principais lançamentos dos fabricantes na maior feira de tecnologia móvel do mundo

O Mobile World Congress, maior evento de tecnologia móvel, terminou ontem (1) em Barcelona (Espanha) e deixou os fãs de tecnologia ansiosos pela chegada às lojas de uma enxurrada de novos smartphones, que saem das fábricas com recursos cada vez mais avançados.

LEIA TAMBÉM:
Confira a cobertura completa do Mobile World Congress 2012

A edição 2012 do evento marcou a estreia dos chamados superphones, celulares com chips com quatro núcleos (quad core), que agregam maior capacidade de processamento aos aparelhos, principalmente em atividades que requerem gráficos avançados, como jogos. Os aparelhos também chegarão ao mercado com câmeras cada vez mais avançadas, o que reforça a tendência de substituição das câmeras digitais como principal opção dos fotógrafos amadores .

Celulares com formatos diferentes dos usuais também chamaram a atenção dos visitantes da feira. Entre eles, o destaque ficou com o Optimus Vu, da LG, um smartphone “grandão” com tela na proporção 4:3. Ele se junta ao Galaxy Note , da Samsung, na categoria de aparelhos na metade do caminho entre smartphone e tablet. Confira abaixo os celulares mais populares durante o evento:

Xperia P

Com tela de 4 polegadas, processador de 1 GHz e sistema operacional Android em sua versão 3.2 ou Gingerbread, o mais novo aparelho da Sony não impressionaria ao lado de concorrentes de peso, se não fosse por um recurso: a tela do aparelho usa a tecnologia Magical Display Technology, que torna mais fácil a leitura sob a luz do Sol.

808 Pureview

Uma câmera de 38 megapixels com funções de celular. Essa poderia ser uma boa definição para o novo smartphone da Nokia. A resolução é cerca de três vezes maior do que a das câmeras da maioria dos smartphones lançados nos últimos tempos, um bom motivo para adotar a câmera do celular, de vez, como sua câmera principal.

A câmera, que conta com sensor Carl Zeiss, também filma em full HD (1080p). O aparelho conta com tela de 4 polegadas com tecnologia Amoled e 16 GB de memória interna (expansíveis até 48 GB com cartão SD). O sistema é o Symbian Belle, o que mostra que a Nokia não o abandonou apesar da escolha recente pelo Windows Phone.

Lumia 610

A Nokia também apresentou seu quarto smartphone com o sistema Windows Phone, da Microsoft, durante o evento. Com o status de mais barato da linha Lumia, o 610 oferece tela de 3,7 polegadas, 8 GB de memória interna e câmera de 5 megapixels com flash de LED. Nada mal para um aparelho que deve chegar ao mercado europeu com preço na faixa de R$ 430 (189 euros).

Era

Um dos superphones lançados no evento, o Era vem com chip de 1,3 GHz com quatro núcleos. Ele tem uma tela grande, de 4,3 polegadas, mas é bastante fino – apenas 7,8 milímetros de espessura. Outro destaque do aparelho é a presença do sistema operacional Android 4.0, a mais recente divulgada pelo Google.

Galaxy Beam

O novo smartphone da Samsung é o primeiro a chegar ao mercado com um projetor integrado. Com ele, o usuário pode ampliar imagens ou apresentações de slides para até 50 polegadas. Para oferecer o recurso, o Galaxy Beam ficou com especificações mais básicas em relação aos modelos lançados: processador de 1 GHz com dois núcleos, tela de 4 polegadas e Android 2.3, mas sem suporte a redes de telefonia celular de quarta geração (LTE).

One X

Com as configurações mais avançadas do trio de aparelhos apresentados pela HTC no evento, o One X chega com processador NVidia Tegra 3 com 1,5 GHz e quatro núcleos. O smartphone vem com tela de 4,7 polegadas, câmera de 8 megapixels e outra frontal de 1.3 megapixels, para videoconferências. Como a maioria dos celulares lançados no evento, o smartphone também suporta LTE.

Optimus 3D Max

Nova versão do primeiro smartphone que fotografa e filma em 3D, além de exibir vídeos no formato que não demandam o uso de óculos especial, o Optimus 3D Max . Ele ficou mais leve (148 gramas), ganhou processador mais rápido (1,2 GHz) e suporte a LTE e NFC, tecnologia de pagamento com o celular. A câmera, de 5 megapixels, e a tela, de 4,3 polegadas, continuam iguais às do modelo anterior.

Optimus Vu

Na cola do smartphone Galaxy Note, a LG lançou seu primeiro produto com tamanho intermediário entre celular e tablet. O Optimus Vu chamou a atenção durante o evento por sua tela de 5 polegadas na proporção 4:3, com resolução de 1.024 x 768 pixels. Uma caneta Stylus acompanha o produto, que tem chip de 1,5 GHz com dois núcleos, 32 GB de memória interna e câmera de 8 megapixels.

Padfone

Um smartphone que se transforma em um tablet, que pode se tornar um netbook. Esta é a proposta da Asus com o Padfone apresentado durante o Mobile World Congress. Em sua forma original, o smartphone tem tela Super Amoled de 4,3 polegadas, processador de 1,5 GHz com dois núcleos e roda o sistema operacional Android 4.0 ou Ice Cream Sandwich.

Para transformá-lo em um tablet, o usuário precisa comprar um acessório, o Padfone Station. Ao acoplar o aparelho no dock, ele se transforma em um tablet com 10.1 polegadas. Da mesma forma, basta colocá-lo ao Padfone Station Dock, um teclado pequeno, para transformá-lo em um netbook bastante portátil. E ter um aparelho com bateria até cinco vezes maior que um netbook comum.

Ascend D

Modelo de ponta da chinesa Huawei, o Ascend D tem processador de 1,5 GHz e roda o Android 4.0. Ele vem com tela de 4,5 polegadas que permite reproduzir vídeos com resolução HD (720p). A câmera do produto é de 8 megapixels (traseira), mas há uma câmera com resolução VGA, para videoconferências. O smartphone chega ao mercado nas cores branca e preta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.