Empresa com mesmo nome do recurso entrou na Justiça para atrasar o lançamento

Zuckerberg apresenta a nova página de perfil do Facebook, a Timeline
Getty Images
Zuckerberg apresenta a nova página de perfil do Facebook, a Timeline
O novo recurso do Facebook, a Timeline , que permite o usuário navegar em um perfil ao longo dos anos, pode ter seu lançamento oficial atrasado. Isso porque, segundo o Paid Content uma empresa de Chicago chamada Timelines.com entrou na Justiça dos Estados Unidos pedindo o cancelamento do novo recurso.

De acordo com site, um juiz recusou na última sexta-feira (03/10) um pedido da Timelines.com para que o recurso fosse definitivamente cancelado. Em troca, o Facebook teria se comprometido a limitar o acesso somente para desenvolvedores e esperar um pouco mais fazer o lançamento completo.

O Timeline está disponível, até o momento, para apenas 1,1 milhão de pessoas, cadastradas como desenvolvedores. Alguns vídeos no YouTube ensinam como ativar o recurso .

Segundo o Paid Content, o Facebook terá de esperar pelo menos até esta terça-feira (04/10) para fazer o lançamento completo. Amanhã, ambas as empresas apresentarão argumentos mais detalhados à Justiça.

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.