Além de 2 milhões de obras de domínio público, Google afirma oferecer centenas de milhares de livros pagos

e-reader da Sony entra na disputa do mercado dominado pelo Kindle
Getty Images
e-reader da Sony entra na disputa do mercado dominado pelo Kindle
O Google anunciou hoje que expandiu sua loja virtual de livros eletrônicos (e-books) para o Reino Unido. Até agora, a Google eBook Store só comercializava e-books nos Estados Unidos. Entre as editoras europeias que fizeram arquivos com o Google estão Hachette, Random House e Penguin.

Segundo o Google, são centenas de milhares de livros à venda por meio da loja virtual. Além disso, a livraria virtual disponibiliza 2 milhões de obras de domínio público, isto é, aquelas que podem ser baixadas de graça. O Google lançou sua loja de e-books em meados de 2010.

Assim como nos Estados Unidos, os usuários poderão baixar arquivos de livros eletrônicos para qualquer dispositivo, como tablets e smartphones com Android, além de iPhones e iPads.

Os livros também estão acessíveis por meio do leitor de livros digitais baseado em web do Google e também aparelhos do tipo e-reader da Sony, Kobo, entre outros. Somente o Kindle, que não suporta o formato ePub, fica de fora da lista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.