Pedidos de fabricação do tablet começaram em 3,5 milhões de unidades, mas com alta procura, empresa decidiu aumentá-los

Kindle Fire, o primeiro tablet da Amazon
Getty Images
Kindle Fire, o primeiro tablet da Amazon
A Amazon aumentou os pedidos de fabricação do tablet Kindle Fire para cerca de 5 milhões de unidades que serão entregues para venda antes de dezembro de 2011.

Segundo o site Digitimes , as pré-vendas do aparelho, que será entregue aos clientes a partir da semana que vem, continuam fortes segundo os fornecedores de componentes.

Segundo o site, a Amazon já havia aumentado os pedidos de fabricação do Kindle Fire na metade do terceiro trimestre para 4 milhões de unidades. Originalmente, a empresa havia encomendado 3,5 milhões de tablets.

Nas primeiras 24 horas após o lançamento do Kindle Fire, a Amazon já havia vendido 100 mil unidades do aparelho nos Estados Unidos. Fontes relataram a imprensa americana que a média de pedidos recebidos pela Amazon era de 25 mil tablets por dia.

O Kindle Fire é a aposta da Amazon contra o iPad nos Estados Unidos. Com preço muito mais atrativo do que o tablet da Apple (US$ 199 contra US$ 499), o produto promete fazer sucesso entre os consumidores americanos. O produto possui conexão Wi-Fi, possui tela de 7 polegadas e vem com processador de dois núcleos.

Amazon gasta mais que o preço do e-reader Kindle

Consultores já demonstraram que o valor que a Amazon gasta para produzir o Kindle Fire é maior que o seu preço sugerido, ou seja, a empresa tem um pequeno prejuízo a cada unidade vendida. No caso do tablet, a Amazon gasta US$ 209,63 para produzí-lo, enquanto o vende por US$ 199. Segundo os consultores, a empresa espera recuperar o prejuízo com os serviços, como a venda de livros eletrônicos.

A estratégia parece ser a mesma usada com o leitor de livros digitais Kindle. A versão mais simples do aparelho, que custa US$ 79 nos EUA, custa US$ 84 para ser fabricada. As informações do site MainStreet mostram que a empresa perde uma média de US$ 5 a cada unidade do aparelho vendida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.