Brinquedo apareceu na última quarta-feira (25/01) no jardim da mansão do criador do Megaupload, que está preso

Mesmo depois de preso, Kim DotCom, criador do Megaupload continua sendo notícia. A última envolvendo o excêntrico programador e empresário alemão é a aparição de um tanque de guerra inflável no jardim de sua mansão. O tanque apareceu na última quarta-feira (25/01) e assustou os vizinhos.

Leia também:
Viagem de Kim DotCom a Mônaco teve carrões, iates e belas mulheres
DotCom gastou quase R$ 1 milhão em queima de fogos
Conheça Kim DotCom, o excêntrico fundador do Megaupload

Foto mostra tanque inflável na casa de DotCom
Reprodução - NZ Herald
Foto mostra tanque inflável na casa de DotCom
Uma fonte relacionada às investigações do FBI, que culminaram na prisão de DotCom, afirmou ao jornal neozelandês NZ Herald que o tanque foi entregue depois da operação do FBI, que apreendeu mais de dez carros de luxo na propriedade de DotCom, entre outros bens. Segundo o NZ Herald, o tanque de guerra inflável provavelmente é uma "pegadinha" de DotCom com os vizinhos.

"Ser vizinho de um criminoso tem suas vantagens"

Essa não seria a primeira demonstração peculiar de humor do fundador do Megaupload. Logo após se mudar para sua mansão de US$ 23 milhões, DotCom foi alvo da desconfiança de um vizinho.

O criador do Megaupload enviou um e-mail ao morador desconfiado e, em tom de brincadeira, afirmou que ser vizinho de um criminoso tem suas vantagens. "Nossas operações no exterior podem ajudá-lo a lavar dinheiro e minhas relações com outros criminosos (bem piores que eu) podem ajudá-lo a resolver problemas com outros vizinhos desagradáveis", brincou DotCom.

Na parte final do e-mail, que foi encaminhado a associação de moradores local e posteriormente divulgado em sites de notícias da Nova Zelândia, DotCom adota um tom mais sério e admite já ter sido preso antes, mas afirma que nos últimos 15 anos não fez nada de errado. "Agora sério: eu, minha esposa e meus filhos amamos a Nova Zelândia e viemos para cá em paz", escreveu DotCom.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.