Apesar de processo, empresas conversam sobre possível acordo antes da Justiça local anunciar medidas legais

A Apple e a Proview começaram a conversar nesta semana sobre um possível acordo para o uso da marca iPad na China, de acordo com o site MacWorld . Ma Dongxiao, advogado que representa a Proview, afirmou na última sexta-feira (20) que as duas empresas discutem um acordo, mas não ofereceu detalhes das condições propostas por ambas as empresas.

Marca iPad é motivo de disputa legal entre Apple e Proview na China
Getty Images
Marca iPad é motivo de disputa legal entre Apple e Proview na China
A disputa legal pelo uso da marca iPad na China está sendo conduzida pela corte da província de Guangdong.

Um porta-voz da corte disse, na semana passada, que o juiz propôs que as duas empresas tentem entrar em um acordo antes que as medidas legais sejam anunciadas. Contudo, o movimento é voluntário e as empresas podem não entregar propostas à corte.

A batalha entre a Apple e a Proview na China começou em fevereiro, quando a Proview alegou ser dona do direito de uso da marca no país e pediu R$ 3,4 bilhões à Apple .

Em sua defesa, a Apple afirma ter comprado os direitos mundiais da marca iPad "há muito tempo" e que, por isso, não deveria nada à Proview. Com isso, a Proview entrou com um processo contra a Apple na China.

O novo iPad, versão mais recente do tablet da Apple, ainda não começou a ser vendido na China. Alguns analistas consultados pelo site afirmam que a demora na chegada da nova versão do tablet ao país estaria relacionada à disputa legal com a Proview, informação não confirmada pela Apple. No processo contra a Apple, a Proview pede que o produto seja banido do país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.