Empresa é a quarta maior fabricante mundial de celulares

HONG KONG - A chinesa ZTE, que lançou seu primeiro modelo de celular no mercado africano pouco mais de 10 anos atrás, anunciou que em 2015 poderá vender mais de 100 milhões de smartphones ao ano, como parte de seu esforço para operar na ponta mais cara do mercado para compensar a queda na margem de lucro dos celulares mais simples.

Leia mais:
ZTE aposta em smartphones com Android e Windows Phone
LG e ZTE lançarão smartphones com processadores de quatro núcleos

ZTE vendeu 15 milhões de smartphones no ano passado
Getty Images
ZTE vendeu 15 milhões de smartphones no ano passado
A ZTE, que vendeu 15 milhões de smartphones no ano passado e pode atingir a marca dos 50 milhões este ano, também informou que lançará seu primeiro celular-tablet, ou "phablet", este ano, tentando escapar ao ferozmente competitivo mercado chinês de celulares de massa.

A ZTE, quarta maior fabricante mundial de celulares e quinta colocada no mercado global de equipamentos para telecomunicações, se saiu melhor que a rival local Huawei Technologies nas vendas de celulares, mas continua em desvantagem com relação a ela nos equipamentos de telecomunicações, a principal atividade de ambas.

As duas se diversificaram para o campo dos bens de consumo, vendendo dispositivos dongles, celulares inteligentes e tablets para tentar ampliar sua receita, em meio à estagnação do setor de equipamento para telecomunicações. As duas enfrentam firme resistência nos Estados Unidos, onde questões de segurança na computação as mantiveram no geral excluídas do mercado de equipamento para telecomunicações do país.

A ZTE, avaliada em US$ 9,3 bilhões, expandiu sua presença nos mercados emergentes e na Europa, ainda que tenha anunciado no mês passado que reduziria suas operações no Irã em função das sanções contra o país por seu programa de desenvolvimento nuclear.

Um total de 472 smartphones foram vendidos em todo o mundo no ano passado, de acordo com o grupo de pesquisa Gartner, e o Credit Suisse previu que as vendas dessa categoria superem o bilhão de unidades em 2014.

A ZTE planeja concentrar atenções nos modelos Blade e Skate, e melhorá-los, em lugar de criar novos modelos, e também espera dobrar suas vendas de tablets este ano, de acordo com o diretor executivo He Shiyou.

Por Lee Chyen Yee

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.