"Sabemos quais são nossos pontos fortes", afirma Thorsten Heins

Em uma conferência realizada esta semana em Orlando (EUA), a RIM, fabricante dos celulares BlackBerry, mostrou alguns dos recursos do sistema BlackBerry 10. O sistema equipará uma nova geração de aparelhos da empresa que chega ao mercado no segundo semestre.

Um dos destaques do novo sistema é o recurso de teclado virtual. Além de sugerir palavras com base no histórico de digitação do usuário, ele também adapta as teclas ao padrão de digitação. Por exemplo, se um usuário sempre erra ao digitar a letra R e acaba digitando a letra E, o teclado se ajusta para que esse erro não ocorra mais, modificando a área da tela relativa à letra R.

Heins e o novo BlackBerry: teclado físico será mantido
Getty Images
Heins e o novo BlackBerry: teclado físico será mantido
Essas novidades do teclado virtual levaram alguns sites a noticiar que não haveria mais modelos BlackBerry com teclado físico. Mas esse não é o caso, segundo o CEO da RIM, Thorsten Heins. "Nunca dissemos que vamos eliminar o teclado físico. Sabemos quais são nossos pontos fortes. E abandonar o teclado físico seria completamente errado", disse o executivo ao site Cnet.

O executivo, porém, não prometeu aparelhos com teclado físico na primeira leva de smartphones com o BlackBerry 10. A nova geração de aparelhos BlackBerry deve chegar em agosto aos Estados Unidos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.