Dados mostram que navegador do Google ficou à frente da Microsoft durante a segunda semana de maio

O navegador Google Chrome pode ter superado o Internet Explorer e se tornado o mais utilizado em todo o mundo, de acordo com dados da consultoria StatCounter. Os dados, colhidos na segunda semana de maio, mostram que o Chrome na frente do Internet Explorer durante uma semana inteira pela primeira vez.

De acordo com a StatCounter, o Chrome agora tem 32,76% dos usuários de navegadores em todo o mundo, enquanto o Internet Exporer ficou com a segunda posição, com 31,94% do total. O terceiro navegador mais usado continua a ser o Mozilla Firefox, com 25,47% dos usuários, seguido pelo Safari, com 7,08%, e do Opera, com 1,74%. Em março, o Chrome já havia ficado em primeiro lugar entre os navegadores durante apenas um dia.

StatCounter afirma que Chrome passou Internet Explorer como navegador mais usado
Divulgação
StatCounter afirma que Chrome passou Internet Explorer como navegador mais usado
Os dados publicados pela StatCounter são colhidos por meio de mais de 3 milhões de sites, que representam cerca de 15 bilhões de pageviews por mês. A maior parte do tráfego desses sites, no entanto, provém dos Estados Unidos e do Reino Unido.

Chrome pode estar em segundo

Apesar dos dados da StatCounter mostrarem a clara tendência de crescimento do Chrome entre os navegadores web, outra consultoria aponta que o navegador do Google ainda tem um longo caminho a percorrer até ultrapassar o uso do Internet Explorer. A metodologia e as fontes de dados das duas consultorias são distintas.

Chrome pode estar em terceiro lugar no ranking de navegadores, de acordo com NetApplications
Reprodução
Chrome pode estar em terceiro lugar no ranking de navegadores, de acordo com NetApplications
Os últimos dados disponíveis, referentes a abril de 2012, mostram que o Internet Explorer possui 54,09% de participação no mercado, enquanto o Firefox aparece em segundo lugar, com 20,20%. O Chrome só aparece em terceiro lugar, com 18,85%.

No caso da NetApplications, os dados são colhidos por meio de uma ferramenta instalada em 40 mil sites, que representam cerca de 160 milhões de visitantes únicos por mês.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.