Para Steve Wozniak, qualidade das respostas do programa piorou após ter sido comprado pela Apple

A grande novidade do iPhone 4S , lançado no fim do ano passado, foi o assistente pessoal Siri. Ele recebe comandos de voz do usuário e passa informações como previsão do tempo, cálculos matemáticos e placar de partidas, entre outros dados. 

Leia também:
Análise: Reconhecimento de voz é destaque do iPhone 4S

Woz não gostou do novo Siri
AFP
Woz não gostou do novo Siri

O aplicativo se destaca de iniciativas similares por entender linguagem natural e conseguir responder perguntas como "Devo levar um guarda-chuva hoje?".

Ele foi bastante elogiado pela crítica especializada no lançamento do iPhone 4S, mas pelo menos uma voz de peso discorda da maioria.

Para Steve Wozniak, cofundador da Apple, o Siri "emburreceu" após ser comprado pela empresa.

Em entrevista ao jornal Times Union, da cidade de Albany (EUA), Woz disse que Já usava o Siri no iPhone antes da empresa ser comprada pela Apple e adorava o programa.

Wozniak disse que fazia perguntas complicadas, como "Quais são os maiores lagos da Califórnia?" e "Quais são os números primos acima de 87?" e recebia ótimas respostas. Mas depois que o Siri foi comprado pela Apple, a qualidade das respostas diminuiu drasticamente. 

O cofundador da Apple afirmou ainda que não está satisfeito com a qualidade das respostas, mas que acredita que o reconhecimento de voz em aparelhos portáteis vai melhorar muito nos próximos anos. A entrevista pode ser vista neste link .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.