Receita com divisão de celulares, segundo empresa, deverá ser maior no segundo trimestre do que no primeiro, devido ao sucesso do novo smartphone

Reuters

SEUL - A Samsung Electronics espera que as vendas de seu novo Galaxy S III lançado no final do mês passado como principal rival do iPhone, da Apple, ultrapassarão os 10 milhões de unidades em julho, o que pode torná-lo o celular inteligente de vendas mais rápidas na história da companhia sul-coreana.

Samsung Galaxy S III tem processador com quatro núcleos
Getty Images
Samsung Galaxy S III tem processador com quatro núcleos

A empresa também prevê que a receita da divisão de celulares seja maior no segundo trimestre do que no precedente, rebatendo preocupações do mercado de que a oferta apertada do novo modelo Galaxy e a fraqueza da economia mundial estivessem pressionando os resultados da mais valiosa companhia asiática de tecnologia.

As ações da Samsung caíram em 4,2% na segunda-feira, para sua cotação mais baixa em quatro meses e meio, após mais corretoras terem reduzido suas projeções de lucro para a empresa, mencionando preocupações sobre suas operações de chips e telecomunicações.

"A condição geral do mercado é desafiadora devido aos problemas da zona do euro e à oferta escassa de componentes..., mas nossos resultados do segundo trimestre serão melhores que os do primeiro", disse JK Shin, o responsável pela divisão móvel da Samsung, a jornalistas.

"Se olharmos além da atual fraqueza do setor de chips, perceberemos que os investidores também estão preocupados com a influência adversa dos problemas macroeconômicos mundiais sobre as vendas de celulares, no segundo semestre", disse Han Seung-hoon, analista da Korea Investment & Securities.

A Samsung iniciou as vendas mundiais do Galaxy III S em 29 de maio, mas os embarques vêm sendo afetados pela escassez de peças importantes, como a capa do modelo azul do celular. No Brasil, o produto foi lançado em 5 de junho e custa R$ 2,1 mil. Confira abaixo fotos do novo aparelho da Samsung:

Nos Estados Unidos, onde as vendas começaram na quinta-feira passada, grandes operadoras como a Sprint Nextel Corp, T-Mobile e AT&T não estão vendendo o Galaxy S III com 32 gigabytes de memória, em parte devido a problemas de suprimento.

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.