Público em geral não poderá comprar os Google Glasses por enquanto, segundo o Google

Em apresentação durante a Google I/O, conferência para desenvolvedores, Sergey Brin, cofundador do Google, anunciou que os Google Glasses, óculos com Android, serão vendidos inicialmente para desenvolvedores pelo preço de cerca de R$ 3.100 (US$ 1.500) a partir de julho. Participantes da edição 2012 do Google I/O poderão ser os primeiros a comprar os óculos.

LEIA TAMBÉM:
Google apresenta Nexus 7, primeiro tablet da marca

Os óculos do Google foram mostrados pela primeira vez em abril, mas segundo a empresa já são desenvolvidos há alguns anos. Ele possui uma tela transparente logo acima de um dos olhos, por onde o usuário pode acessar notificações, como mensagens recebidas, mapas e outros. Ao lado, há um pequeno trackpad para navegar pelas informações. Ele ainda tem uma câmera para tirar fotos e filmas vídeos.

De acordo com o Google, os óculos ainda não estão disponíveis para o público em geral. Os desenvolvedores terão acesso em primeira mão para que possam desenvolver aplicativos usando a interface de programação de aplicativos (API) do Android usado no Google Glasses.

Integração com Google+

Durante o evento, o Google fez uma demonstração do recurso Hangouts, que permite fazer videoconferências por vídeo em grupo na rede social Google+. No entanto, o bate-papo foi realizado por pessoas usando os óculos do Google com Android. Confira o vídeo (em inglês) da demonstração abaixo:

Na demonstração, paraquedistas pularam de um avião em San Francisco, onde o evento foi realizado, para fazer uma transmissão ao vivo da queda, em primeira pessoa. A transmissão terminou apenas quando os paraquedistas chegaram ao palco onde Brin coordenava a demonstração.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.