Usada por integrantes do Fórum Econômico Mundial, rede social TopCom foi criada por bilionário indiano

O bilionário indiano Vivek Ranadivé fez sua fortuna deixando o mercado de ações mais rápido e dinâmico. No início dos anos 1980, sua empresa de software Tibco foi responsável por digitalizar as operações da Bolsa de Valores de Nova York e até hoje é uma das principais fornecedoras de software financeiro para as corretoras de Wall Street.

Agora, Ranadivé tem uma meta ainda mais ambiciosa. O bilionário, que também é dono do time de basquete americano Golden State Warriors, quer usar o poder da tecnologia para conectar as maiores lideranças do mundo.

Ranadivé, o bilionário por trás da TopCom
Getty Images
Ranadivé, o bilionário por trás da TopCom

Lançada em março deste ano, durante o Fórum Econômico de Davos, a rede social TopCom é a mais exclusiva do mundo e tem como participantes os 200 membros mais importantes do Fórum Econômico Mundial, um grupo que inclui chefes de estado e executivos de grandes corporações.

Em entrevista à Esquire , Ranadivé explicou que um dos objetivos do projeto é acelerar a tomada de decisões em questões globais, incluindo desastres naturais.

Logo depois do tsunami que atingiu o Japão em março de 2011, a empresa de Ranadivé entrou em contato com o primeiro-ministro japonês para saber que tipos de ferramentas poderiam ter sido úteis na época do desastre. Foi a partir desse tipo de informação que a Tibco desenvolveu a rede TopCom.

Um diferencial da TopCom em relação a redes sociais convencionais é que, em vez de seguirem atualizações de outros usuários, os participantes seguem assuntos. Ela permite também que mais participantes sejam gradualmente adicionados a uma conversa. Assim, especialistas em uma determinada área podem participar das conversas à medida que surgem dúvidas. Em um tópico sobre biotecnologia, por exemplo, o CEO de uma empresa da área pode incluir seu principal pesquisador na conversa.  

Software corporativo foi inspiração para TopCom

De acordo com o chefe de tecnologia da Tibco, Matt Quinn, a TopCom é uma versão bem mais segura do tibbr, serviço que a Tibco já oferece a seus clientes há alguns anos. Em entrevista ao site Motherboard , Quinn afirma que o TopCom não é uma ferramenta criada totalmente do zero, mas sim a partir dos recursos já presentes no tibbr.

Quinn esclarece que a Tibco não escolhe os participantes da TopCom. “Somos apenas o fornecedor da ferramenta. O Fórum Econômico é quem controla os participantes”. Ele afirma ainda que a rede não pretende substituir outras formas de contato. “Esses líderes já se falam por telefone, e-mail e outros meios. Estamos apenas fornecendo mais uma alternativa para isso, com algumas conveniências proporcionadas pelas ferramentas sociais”, diz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.