Modelo com 8 GB de memória tem custo de produção de US$ 151 e é vendido por US$ 199 nos Estados Unidos

O Google tem pouco ou nenhum lucro com a venda do tablet Nexus 7 , de acordo com um novo estudo da consultoria IHS iSuppli. O tablet com 8 GB de memória é vendido a US$ 199, mas custa US$ 151,75 para ser produzido pela Asus. Para chegar ao valor, os analistas desmontaram o tablet para estimar o custo de cada componente porém, outros gastos, como de distribuição, não estão inclusos na estimativa.

Nexus 7 custa menos para ser fabricado que o Kindle Fire, mas traz mais recursos
Getty Images
Nexus 7 custa menos para ser fabricado que o Kindle Fire, mas traz mais recursos

A versão mais cara do tablet, com 16 GB de memória, tem maior potencial de receita para o Google, de acordo com o estudo divulgado em reportagem do blog All Things Digital , vinculado ao jornal The Wall Street Journal. Vendido por US$ 249, o tablet custa US$ 159,25 para ser fabricado - a diferença de US$ 7,50 corresponde ao custo maior da memória usada no modelo mais caro.

"Assim como a Apple, o Google percebeu que pode potencializar sua margem de lucro oferecendo uma versão do tablet com mais memória. A empresa ganha US$ 50 a mais na venda, mas gasta apenas US$ 7,50 a mais em hardware", disse Andrew Rassweiler, analista da IHS iSuppli, ao All Things Digital.

Nexus 7 é melhor que Kindle Fire, mas custo é menor

O tablet do Google, primeiro a levar a marca da empresa, possui custo de produção mais baixo do que o Kindle Fire , tablet da Amazon. Ambas as empresas tentam conquistar clientes com o preço baixo do produto, US$ 199, para depois ganhar dinheiro com a venda de serviços, como a venda de músicas, livros, filmes e outros conteúdos por meio do tablet.

O Kindle Fire custa US$ 209,63 para ser produzido, de acordo com a IHS iSuppli, mais do que o preço final do aparelho. A diferença no custo de produção dos dois tablets concorrentes é de US$ 57,88.

Contudo, o Nexus 7 possui alguns recursos mais avançados do que o tablet da Amazon, como a tela de alta resolução com tecnologia IPS, uma câmera para videoconferências e usa um chip com suporte para NFC, que permite transferir arquivos e fazer pagamentos com o celular.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.