Órgão que defende livre competição recebeu reclamações de companhias que afirmam que Microsoft não liberou documentação completa do sistema para browsers concorrentes

Reuters

BRUXELAS - Autoridades de defesa da competição na Europa estão investigando se a Microsoft está impedindo que fabricantes de computadores instalem programas de navegação da web em máquinas equipadas com o sistema operacional Windows 8, após receberem reclamações de várias companhias.

Windows 8 pode dificultar acesso de fabricantes de navegadores concorrentes às APIs do Windows 8
Reuters
Windows 8 pode dificultar acesso de fabricantes de navegadores concorrentes às APIs do Windows 8

A questão é parte de uma investigação aberta na terça-feira sobre o não cumprimento pela Microsoft de oferta aos usuários de possibilidade de escolha de browsers rivais. A empresa havia se comprometido com a obrigação três anos atrás, informou um porta-voz da Comissão Europeia.

Os reguladores europeus estão buscando avaliar também alegações de que a Microsoft não tem fornecido acesso completo a interfaces (APIs) para browser que não são padrão no Windows 8, disse o porta-voz Antoine Colombani nesta quarta-feira.

Ele afirmou que a investigação também vai focar acusações de que a Microsoft permite apenas que o Internet Explorer seja instalado em aparelhos que executem o Windows RT e possuem arquitetura de chips da ARM, como tablets. Colombani não identificou quais empresas fizeram as alegações contra a Microsoft. A empresa de software não comentou o assunto.

O Windows 8 deverá ser lançado por volta de outubro. O Windows RT refere-se ao sistema operacional para tablets, segmento disputado também por gigantes como Apple e Google.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.