Pausa nas vendas só atinge versão de 16 GB do tablet. Consumidores podem encomendar versão de 8 GB por meio da loja Google Play

O Google se preparou para receber muitos pedidos da versão de 8 GB do tablet Nexus 7 , primeiro a receber a marca da empresa, mas a maior demanda recaiu sobre a versão mais cara do aparelho, com 16 GB. Com isso, o Google interrompeu as vendas do Nexus 7 de 16 GB nos Estados Unidos e também no Reino Unido.

Nexus 7, do Google: demanda maior que a esperada coloca freio nas vendas
Getty Images
Nexus 7, do Google: demanda maior que a esperada coloca freio nas vendas

De acordo com fontes do jornal britânico The Guardian , as vendas da versão com menor capacidade do Nexus 7 seguem comparativamente baixas em relação à versão de 16 GB do tablet. A versão de 8 GB é apenas vendida por meio da loja do Google, enquanto o Nexus 7 de 16 GB está disponível também por meio de lojas de varejistas.

Agora, ao visitar a página do produto na loja do Google, só é possível se cadastrar para receber uma notificação de quando o tablet estará disponível no site. A Asus, empresa que fabrica o Nexus 7 para o Google, deve aumentar a produção, mas as novas unidades do produto podem demorar a chegar nas lojas e no estoque da própria loja do Google.

De acordo com estimativas da consultoria IHS iSuppli , a versão de 16 GB do Nexus 7 é mais lucrativa para o Google do que a versão de 8 GB. O tablet custa US$ 159,50 para ser fabricado e é vendido por US$ 249. Isso representa um custo de apenas US$ 7,50, mas com lucro maior à versão de 8 GB.

Concorrentes à vista

Fontes afirmam que a Amazon e a Apple estão trabalhando em novos concorrentes para o tablet Nexus 7, do Google. No caso da Apple, a empresa estaria preparando uma versão do iPad de 7,8 polegadas, chamada iPad Mini , mas a empresa não confirma as informações. A Amazon, por outro lado, pode lançar uma linha de diversos tablets , entre eles um de 10 polegadas, nos próximos meses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.