Atualmente, serviço tem 324 milhões de usuários mensais

O Hotmail, serviço pioneiro de e-mail na web e o mais popular do mundo, será extinto em alguns meses. Em seu lugar, a Microsoft passará a oferecer o Outlook.com, um serviço de e-mail mais moderno e com mais recursos. O novo serviço estreou na última terça-feira, ainda em fase de testes.

Leia também
Como migrar do Hotmail para o Outlook.com

Ainda não há uma data para que o Hotmail seja extinto. A ideia da Microsoft é migrar gradualmente os usuários do Hotmail para o novo serviço. Vale ressaltar que contas já criadas no Hotmail continuarão a receber e-mails normalmente, dentro do Outlook.com.

Outlook.com tem visual mais limpo do que o Hotmail
Reprodução
Outlook.com tem visual mais limpo do que o Hotmail

A criação de um novo serviço de e-mail foi interpretada por analistas como uma tentativa da Microsoft para se manter competitiva nesse mercado. O Hotmail é líder nesse setor, com 324 milhões de usuários mensais (cerca de 60 milhões no Brasil) e 36% do mercado, segundo o instituto comScore.

Mas vem enfrentando a concorrência acirrada do Gmail, do Google, que tem 31% e do Yahoo! Mail (32%). Além disso, há a concorrência de redes sociais como Twitter e Facebook, que têm seus próprios sistemas de mensagens e dispensam o e-mail para comunicação entre seus usuários.

Por essa razão, o novo Outlook.com já nasceu integrado a rede sociais. Quem tem uma conta no Outlook.com pode publicar mais facilmente conteúdo em algumas redes sociais sem sair do serviço de e-mail. Em breve, o Outlook.com será integrado ao Skype. Assim, será possível fazer chamadas com áudio e vídeo a partir do e-mail. Dessa forma, o Outlook.com deixa de ser apenas um serviço de e-mail para se tornar um ponto de partida para acessar diversos serviços.

Marca envelheceu

Com o Outlook.com, a Microsoft tenta também resolver o problema da marca envelhecida do Hotmail. O serviço foi criado em julho de 1996 pelos americanos Sabeer Bhatia e Jack Smith, e comprado em 1997 pela Microsoft. De lá pra cá, o serviço mudou de nome algumas vezes, para MSN Hotmail, Windows Live Hotmail e outras variações. Mas, apesar das mudanças, o Hotmail não conseguiu escapar da imagem da imagem de "e-mail de velhos", principalmente após a chegada do Gmail, em 2004.

O e-mail do Google chegou com recursos mais modernos e mais capacidade de armazenamento e logo virou a escolha mais popular entre internautas mais antenados. Alguns deles criaram o site E-mail Intervention para estimular outros internautas a convencer seus pais e avós a a trocar o Hotmail por um e-mail mais moderno. 

Com informações da Reuters

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.