Segundo a agência de notícias Bloomberg, IBM teria interesse em operar serviços de e-mail e mensagens instantâneas dos aparelhos BlackBerry

Reuters

A IBM considerou comprar a divisão da Research In Motion (RIM) que opera os servidores que atendem aos serviços de e-mail e mensagens instantâneas (BlackBerry Messenger) do BlackBerry, publicou nesta sexta-feira a Bloomberg, citando fontes. Segundo a agência, atualmente não há nenhuma negociação em andamento entre as empresas.

Sob a gestão do novo presidente-executivo, Thorsten Heins, a RIM contratou bancos para formularem revisão na estratégia da companhia que pode incluir venda e parcerias sobre a tecnologia da empresa. A Bloomberg disse que a fabricante do BlackBerry ainda não recebeu nenhuma oferta pelo negócio de celulares ou pela companhia toda.

A RIM praticamente inventou o e-mail móvel com seus primeiros aparelhos BlackBerry mais de uma década atrás, mas sua participação de mercado tem evaporado conforme os usuários partem para dispositivos da Apple e que utilizam o sistema operacional Android, do Google. A RIM perdeu mais de 70 por cento de valor de mercado em 2011.

A Reuters procurou a RIM, mas a companhia não quis se pronunciar. Representantes da IBM não estavam imediatamente disponíveis. Na quinta-feira, a Samsung afirmou que não estava considerando comprar a RIM ou licenciar o novo sistema operacional da companhia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.