Tablet, com tela de 10.1 polegadas, chegará primeiro também ao Reino Unido e Coreia do Sul; preço nos EUA será de US$ 499

Reuters

LONDRES - A Samsung Electronics apresentou nesta quinta-feira a segunda versão do tablet Galaxy Note 10.1 na tentativa de tirar do iPad a liderança de mercado de tablets. A companhia sul-coreana, que a Apple acusa de copiar design e recursos de iPad e iPhone, lançou nesta quinta-feira o tablet nos Estados Unidos, Reino Unido e Coreia do Sul.

Em três semanas, a Samsung deve apresentar a nova versão do smartphone Galaxy Note, de 5,3 polegadas.

Atriz Debra Messing participou da festa de lançamento do Galaxy Note 10.1 em Nova York (EUA)
Getty Images
Atriz Debra Messing participou da festa de lançamento do Galaxy Note 10.1 em Nova York (EUA)

Com tela pouco maior que a do iPad, que tem 9,7 polegadas, o modelo de 10,1 polegadas da Samsung tem outros diferenciais, entre eles um recurso de anotações manuscritas e um divisor de tela que permite usar dois aplicativos ao mesmo tempo.

A Samsung espera que a versão maior do Galaxy Note --a original vendeu 10 milhões de unidades desde o lançamento, em outubro-- ajude a reduzir a distância no mercado de tablets em relação à Apple.

A Apple vendeu 28,8 milhões de iPads nos primeiros seis meses do ano e ficou com 64,4 por cento do mercado, de acordo com o grupo de pesquisa IHS iSuppli.

O Note 10.1 usa o Android --software do Google-- e um processador quad-core com velocidade de 1,4 GHz. A câmera traseira tem 5 megapixels, e a frontal, 1,9 megapixel. A lente controla o descanso de tela com base no movimento dos olhos.

O aparelho tem 16 gigabytes de memória e opera apenas com conexão Wi-Fi. O preço será de 499 dólares, preço igual ao do iPad mais nov. O modelo de 32 gigas custará 549 dólares, ante 599 dólares na Apple.

Na quarta-feira, uma juíza dos Estados Unidos pediu aos presidentes-executivos da Apple e da Samsung que falassem entre si pelo menos uma vez antes que um júri comece a deliberar na próxima semana sobre a disputa de patentes entre as duas companhias.

(Por Miyoung Kim)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.