Empresa anunciou parceria com a Qualcomm para licenciar projetos de referência que permitirão desenvolver tablet do começo ao fim no Brasil

A CCE começará a vender no início de 2013 os dois primeiros tablets totalmente desenvolvidos no Brasil, desde o projeto da placa de circuito impresso até a montagem dos componentes. O projeto será possível por meio de uma parceria com a fabricante de chips Qualcomm, anunciada hoje em um evento em São Paulo (SP).

"As equipes de engenharia da CCE e da Qualcomm começaram a trabalhar neste novo projeto em agosto", disse Rogério Fleury, diretor de produtos da CCE, ao iG . Segundo ele, por meio da parceria com a Qualcomm, a empresa terá acesso aos projetos de referência para tablets desenvolvidos pela fabricante de chips.

Os primeiros tablets da linha rodarão Android, sistema operacional do Google, e Windows RT, versão do Windows 8 específica para dispositivos com chips baseados na arquitetura ARM. Segundo Fleury, os primeiros modelos, com telas de 7 e 10 polegadas chegarão às lojas ainda no primeiro trimestre de 2013. Todos os modelos terão conexões Wi-Fi e 3G.

Produtos mais baratos

Além da CCE, Gradiente, Positivo e Semp Toshiba também licenciaram a tecnologia da Qualcomm para desenvolver e fabricar smartphones e tablets do começo ao fim no Brasil. "Com essa parceria com a Qualcomm poderemos usar uma tecnologia mais avançada e teremos como competir com os fabricantes globais de smartphones e tablets", diz Fábio Viana, presidente da CTBD, empresa controladora da marca Gradiente.

Segundo Viana, o primeiro tablet da Gradiente com tecnologia da Qualcomm deve ser lançado em 2013. A Positivo, que já comercializa o tablet Ypy, e a Semp Toshiba, não anunciaram a data prevista de lançamento dos novos produtos em parceria com a Qualcomm.

Para Fleury, da CCE, o principal benefício do desenvolvimento completo de smartphones e tablets no Brasil será a redução de preço. Além de fornecer a tecnologia para os fabricantes, a Qualcomm também oferecerá suporte para os fabricantes nacionais durante o desenvolvimento e fabricação dos novos produtos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.