Para fabricante do Android, que é parceira da Samsung, disputa entre as duas fabricantes de smartphones não tem a ver com o núcleo do sistema operacional

Depois da vitória da Apple sobre a Samsung em um dos principais julgamentos sobre patentes da história, o Google defendeu o Android. “A maioria dessas alegações de infração de patentes não estão relacionadas com o núcleo do sistema operacional Android e várias delas estão sendo reexaminadas pelo escritório de patentes dos EUA”, disse a empresa, em comunicado.

Para Google, sistema Android, embarcado em smartphones como o Galaxy S III, nada tem a ver com disputa de patentes entre Apple e Samsung
Getty Images
Para Google, sistema Android, embarcado em smartphones como o Galaxy S III, nada tem a ver com disputa de patentes entre Apple e Samsung

Ainda de acordo com o comunicado do Google, a empresa alega que os novos produtos na indústria móvel estão evoluindo rapidamente, “com base em ideias que estão por aí há décadas”. A empresa afirma que o trabalho com a Samsung e outros parceiros consiste em “oferecer aos consumidores produtos inovadores e baratos e a empresa não quer que nada limite isso”.

Após a divulgação do veredito, a Samsung também divulgou um comunicado em que afirma que “a decisão não deve ser vista como uma vitória para a Apple, mas como uma derrota para os consumidores americanos”. A empresa afirma que a decisão do júri levará “a menos opções, menos inovação e potencialmente preços mais altos”.

De acordo com o site Cnet , a Samsung ainda deve apresentar uma apelação ao júri, para tentar modificar o veredito. A juiza responsável pelo caso, Lucy Koh, também pode modificar a decisão do júri, inclusive, aumentando o valor que a Samsung deverá pagar em indenização à Apple em até três vezes.

A Samsung deve também tentar frear os esforços da Apple para parar as vendas dos smartphones da linha Galaxy nos EUA. De acordo com o site da revista Wired, a Apple deve iniciar uma nova ação judicial em que pedirá o banimento dos atuais e futuros produtos da marca nos EUA, com base na decisão positiva da corte de San José.

Apple comemora decisão

Em um comunicado interno, obtido pelo site 9to5Mac , Tim Cook, CEO da Apple, comemorou a decisão favorável à Apple no julgamento contra a Samsung. Além da vitória, a Apple receberá mais de US$ 1 bilhão da Samsung como indenização pela infração de patentes. Veja abaixo o comunicado na íntegra (em tradução livre para o português):

“Hoje foi um dia importante para a Apple e para inovadores de todo o mundo.

Muitos de vocês estavam acompanhando de perto a disputa contra a Samsung em San José nas últimas semanas. Nós escolheremos uma ação legal com relutância e apenas depois de pedir repetidamente à Samsung que parasse de copiar nosso trabalho.

Para nós, este processo sempre foi mais importante do que patentes ou dinheiro. É sobre valores. Nós originalmente valorizamos inovação e originalidade e doamos nossa vida para produzir os melhores produtos na Terra. E nós fazemos isso para agradar nossos clientes, não para concorrentes nos copiarem.

Nós temos uma dívida de gratidão com o júri que investiu seu tempo para escutar a nossa história. Nós ficamos emocionados por finalmente ter a oportunidade de conta-la. A montanha de evidências apresentadas durante o julgamento mostrou que a Samsung copiou nossos produtos de forma mais profunda do que sabíamos.

O júri agora falou. Nós o aplaudimos por achar que o comportamento da Samsung foi intencional e por ter mandado uma mensagem clara e barulhenta de que roubar não é certo.

Eu sou muito orgulhoso pelo trabalho que cada um de vocês faz. Hoje, os valores venceram e eu espero que o mundo ouça.

Tim”

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.