Projeto permitirá que agência analise o serviço prestado pelas operadoras e possa tomar medidas cabíveis para garantir qualidade

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e o Ministério das Comunicações começarão a medir a qualidade das conexões de banda larga fixa no Brasil. No projeto, 12 mil brasileiros de todo o País serão selecionados para receber, gratuitamente, um medidor que enviará informações periódicas sobre a qualidade da conexão à Anatel.

A agência divulgará os primeiros resultados do estudo em dezembro de 2012. O projeto incluirá os usuários de conexões oferecidas com operadoras do serviço de comunicação multimídia (SCM), que inclui conexões com velocidade acima de 256 Kbps (consideradas de banda larga) e também inferiores a esta velocidade.

Para realizar o projeto, a Anatel criou uma entidade independente para aferir a qualidade das conexões. Ela será responsável por administrar os equipamentos necessários para a medição, além de desenvolver e atualizar o sistema que coletará as informações sobre a velocidade e estabilidade da rede. Os dados coletados serão armazenados pela entidade durante três anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.