Segundo ministério do Comércio chinês, as duas empresas ainda não registraram nenhum pedido para investigar produtos que violam patentes

Reuters

A disputa de patentes entre a Apple e a Samsung ainda deve chegar à China, sem pedidos para que uma investigação seja feita pelas duas companhias no país, informou a agência de notícias estatal Xinhua nesta quarta-feira.

LEIA TAMBÉM:
Apple quer parar venda de oito produtos da Samsung nos EUA

O vice-representante de comércio internacional do ministério do Comércio, Chong Quan, disse à Xinhua que o ministério "ainda não recebeu nenhum pedido da Apple ou da Samsung para investigar produtos envolvidos em um possível caso de violação de patentes na China. O impacto da disputa de patentes nos fabricantes e consumidores de celulares chineses ainda será avaliado".

A reportagem não forneceu outros detalhes. A Apple, cujo segundo maior mercado é a China, conseguiu uma vitória jurídica contra a Samsung na semana passada, quando um júri norte-americano decidiu que a companhia sul-coreana copiou características essenciais do iPad e do iPhone e condenou a empresa a pagar 1,05 bilhão de dólares em indenizações.

A companhia chinesa ZTE, a quarta maior vendedora de telefones móveis do mundo, disse nesta semana que está tranquila com a possibilidade de ser processada pela Apple por violações de patentes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.