Criador do aplicativo Instapaper identificou acessos de dois novos tablets da Apple ao serviço, que ele atribui às versões Wi-Fi e 3G do novo produto

O iPad Mini, suposta versão menor do iPad com tela de 7,85 polegadas, pode ter as mesmas especificações de hardware do iPad 2, de acordo com Marco Arment, criador do aplicativo Instapaper. Ele divulgou a conclusão em seu blog oficial após identificar dois novos modelos de iPad (2,5 e 2,6) que estão acessando o serviço.

LEIA TAMBÉM:
Dell retorna ao mercado de tablets com XPS 10
Lenovo lança dois tablets com Android 4.0

"A explicação mais factível é de que o iPad 2,5 e o iPad 2,6 são as versão Wi-Fi e 3G do chamado 'iPad Mini'", escreveu Arment, em seu blog. Segundo ele, isso sugere que o novo modelo de tablet da Apple usará o mesmo hardware do iPad 2, penúltima versão do tablet de 9,7 polegadas da Apple: terá 512 MB de memória RAM, chip A5, mas não terá tela Retina Display.

Para ele, a estratégia da Apple é vender um novo dispositivo mais barato, em vez de vender a versão anterior do produto com preço mais baixo após um novo lançamento, como fez até o momento. "Aposto que eles poderiam vender por US$ 249 e isso seria um roubo. O iPad 2 ainda é ótimo para os padrões atuais e, em alguns aspectos, é melhor que o 3", diz Arment, no blog.

"iPad Mini" chega em outubro

De acordo com a agência de notícias Bloomberg , a Apple está recebendo displays de duas fabricantes, AU Optronics e LG Display, para fabricar o iPad Mini com tela de 7,85 polegadas, que será anunciado em outubro. Além dessas empresas, a Sharp é uma das empresas cogitadas para fornecer telas para a Apple no futuro para dar continuidade à produção do tablet.

Ontem, a Amazon anunciou que o Kindle Fire, seu primeiro tablet, esgotou, o que indica que a empresa anunciará a nova versão do aparelho no evento que planeja realizar em 6 de setembro. Analistas de mercado acreditam que ambos os novos dispositivo terão preço bastante próximo e competitivo. A primeira versão do Kindle Fire era vendida a US$ 199.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.