Aparelho deve ser anunciado nesta quinta-feira (6)

Reuters

Por Alistair Barr

A Amazon deve anunciar pelo menos uma nova versão de seu Kindle Fire, de 7 polegadas, numa coletiva de imprensa próximo a Los Angeles. Um tablet maior também pode ser apresentado, além de uma nova versão do popular e-reader Kindle da empresa.

"O fator decisivo na expectativa pelo novo Kindle Fire pode ser quão baixo será seu preço", disse a analista So Young Lee, do SunTrust Robinson Humphrey.

Kindle Fire: sucesso da Amazon terá nova versão
Getty Images
Kindle Fire: sucesso da Amazon terá nova versão

A Amazon está disposta a lucrar pouco ou nada vendendo tablets e e-readers porque deseja conseguir o maior número de consumidores possível, para então vender conteúdo digital com altas margens de lucro, como e-books, vídeo, jogos, aplicativos e música, para uma base de consumidores mais conectada e engajada.

De maneira mais ampla, a Amazon está disputando com a Apple, com o Google e com outros gigantes do setor tecnológico por uma entrada no mercado de tablets, de rápida expansão, já que esses aparelhos estão rapidamente se tornando a ferramenta preferencial de acesso à internet. Como maior rede de comércio virtual do mundo, é essencial para a Amazon conquistar uma forte presença nesse setor.

"Um tablet bem sucedido é muito mais importante para a Amazon do que para o Google", disse o analista Chad Bartley, do Pacific Crest Securities.

A Amazon é uma das principais vendedoras de livros físicos, CDs, DVDs e video games. Mas esses produtos estão se tornando digitais, então a empresa está se apressando para se garantir em manter sua fatia desse mercado em evolução.

"A Amazom tem de ter aparelhos que permitem que clientes comprem e consumam conteúdo digital", disse Bartley.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.