Aplicativos enviam mensagens de voz para iPhone e smartphones com Android

NYT

Por David Pogue

Pinturas em cavernas, sinais de fumaça, Pony Express, telegramas, chamadas telefônicas, mensagens de texto. Desde o início da civilização, o homem experimentou diferentes modos de comunicação, cada um com seus prós e contras. Os sinais de fumaça, por exemplo, geraram muito menos acidentes de carro do que as mensagens de texto. As mensagens de texto, por outro lado, deixam muito menos fuligem.

Você pode achar que exaurimos toda e qualquer variação de comunicação eletrônica – texto, áudio, vídeo –, mas não. Um novo tipo vem silenciosamente conquistando milhões de fãs. São os novos aplicativos como Voxer, HeyTell e Zello, e eles realmente mudam as regras do jogo.
Ninguém conseguiu criar um bom nome para essa categoria de comunicação. Mas se os chamarmos de aplicativos de mensagens vocais, ou aplicativos walkie-talkie, já dá para entender a ideia.

Eles funcionam em iPhone, iPad, iPod Touch, aparelhos Android e Windows Phone. Você abre o aplicativo, escolhe o nome de alguém, pressiona o grande botão "Falar" – e fala. Um segundo depois de começar a falar – sim, antes mesmo de terminar a frase –, sua voz ganha vida, extremamente clara, no telefone de seu amigo, em qualquer lugar do mundo. O interlocutor pode responder pressionando seu próprio botão Falar, e a conversação prossegue.

Agora, antes de virar os olhos – "Esses jovens de hoje! Por que precisam de tantas formas diferentes para conversar?" –, pense em todas as maneiras pelas quais esses aplicativos aprimoram os modos existentes de bate-papo.

Primeira maneira: ao dirigir, a comunicação walkie-talkie é muito mais segura do que mensagens de texto. Você nem precisa olhar para o telefone. O botão Falar geralmente é enorme. É como tentar atingir um portão de celeiro com uma bolinha.

Segunda maneira: falar é muito mais rápido e preciso do que digitar. Não há erros de digitação para corrigir.

Terceira maneira: a voz é muito mais expressiva do que uma mensagem de texto. Ninguém jamais irá dizer: "Desculpe, interpretei mal o tom de sua mensagem".

Quarta maneira: esses aplicativos também trazem algumas vantagens frente às chamadas telefônicas. Eles não gastam seus minutos. Suas palavras são transmitidas via internet e usam muito poucos dados. E, é claro, esses aplicativos lhe permitem uma comunicação gratuita sempre que puder usar uma conexão Wi-Fi, mesmo se você estiver sem sinal de celular ou fora do país.

Quinta maneira: em algumas situações, as mensagens walkie-talkie são mais úteis do que chamadas telefônicas. Uma chamada é vista como uma conversação contendo pontos definidos de começo e fim.

Os aplicativos de mensagens vocais favorecem um tipo diferente de conexão. Não se trata de uma conversa de 6 minutos; são bate-papos esporádicos ao longo do dia. Menos como uma reunião e mais como um interfone – com alcance global. Você aparece quando tem algo que deseja perguntar ou dizer, e fica silencioso no restante do tempo. Como as mensagens de texto, digamos, ou como os telefones Nextel que funcionam como walkie-talkies.

A propósito, não se preocupe em ser interrompido por algum idiota falando em seu telefone num momento de intimidade, concentração ou na igreja. Se o aplicativo não estiver aberto, as mensagens de voz apenas o notificam silenciosamente com uma bolha de alerta, como faria uma mensagem de texto (e não fazem nem mesmo isso, a menos que você entre nas configurações do aplicativo e habilite as notificações). Além disso, você pode ativar ou desativar a função viva voz.

Cada aplicativo preserva suas conversas numa tela de Histórico, para que você possa reproduzi-las mais tarde. Se ouvisse as minhas, escutaria diversas frases começando com: "Ei, você disse direita ou esquerda depois do Habib's?" ou "Desculpe incomodar – você viu aquela lanterna que compramos na semana passada?".

A única parte difícil é começar. É preciso instalar o aplicativo e conectá-lo aos seus amigos, colegas de trabalho e familiares. A maioria dos aplicativos se oferece para importar automaticamente seus amigos do Facebook, ou você pode escolher um contato da agenda de seu telefone e enviar um convite por mensagem de texto (contendo um link para baixar o aplicativo).

Após vencer o processo de configuração, o resto é fácil. Cada aplicativo oferece uma lista de favoritos que lhe permite listar as pessoas mais importantes para você – cônjuge, filhos, funcionários, chefes, amigos, colegas da escola.

O mais impressionante é que esses aplicativos são gratuitos. Se você possui um smartphone, não há motivo para não experimentar um deles agora mesmo.

A questão, nesse caso, é qual deles. As lojas do iTunes e do Android listam dezenas de aplicativos similares. Eles são mutuamente incompatíveis, então o ideal é escolher o mais popular – pois aumentam as chances de que seus contatos tenham feito a mesma opção.

Seguem os três que parecem ter mais fãs e as avaliações mais positivas na loja do iTunes.

– Zello Walkie Talkie: esse aplicativo gratuito funciona em iPhone, Android, BlackBerry e Windows, tornando-o muito mais útil do que, por exemplo, aplicativos somente para iPhone. O design é lindo, simples e organizado – não há nem mesmo anúncios.

Como a maioria dos melhores aplicativos, o Zello lhe permite criar grupos para que você possa realizar chamadas coletivas entre um punhado – ou centenas – de amigos ou colaboradores. A desenvolvedora sugere, por exemplo, que você pode configurar uma "sala" Zello para os clientes de sua empresa quando eles apresentarem dúvidas.

O mais incrível é que o Zello já vem com vários desses canais da Índia, Londres, Toronto, Washington e assim por diante. Você se conecta e ouve pessoas, em tempo real, do mundo todo. O sentimento de admiração é o mesmo de quando você era criança e seu pai o levou ao porão para ouvir um rádio amador.

– HeyTell: a sensação desde aplicativo é levemente mais comercial, graças aos pequenos anúncios e à opção de comprar recursos complementares (o meu favorito: o módulo de alteração de voz, por US$ 2, que o transforma num robô, num cantor digital ou no sexo oposto). Outro golpe: o aplicativo não transmite suas frases até que você solte o botão Falar, então é um pouco menos "tempo real" do que seus rivais.

Mas o HeyTell está disponível para iPhone, Android e Windows Phone, o que é ótimo. Ele oferece conversas em grupo. Pode transmitir sua localização junto com as palavras. E permite o envio de áudio para o Facebook ou para o e-mail.

– Voxer Walkie-Talkie: senhoras e senhores, temos um vencedor. O Voxer é grátis. Funciona para dispositivos Android e Apple. É recheado de recursos. E é autoexplicativo.

A melhor coisa do Voxer é que ele inclui, ao lado do botão Falar, botões de Foto e Texto. Suas conversas com alguém, portanto, podem ser livremente entremeadas com fotos, frases faladas e digitadas. "Estou aqui na loja, benzinho", você pode dizer. "Será que esta churrasqueira cabe em nossa varanda?" (Click!)

Tudo isso aparece numa única tela de rolagem, estilo mensagens instantâneas. Se você aperta o botão Play em uma de suas conversas, todas as frases tocam em sequência para uma rápida revisão do bate-papo.

No departamento de bênção ou maldição, se você faz o login pelo Facebook, a tela do Voxer lista automaticamente seus amigos equipados com o aplicativo. Não é preciso gastar tempo convidando as pessoas individualmente. No entanto, a súbita aparição de todas essas pessoas pode ser confusa, e não está claro como filtrar todos aqueles contatos (a empresa diz que pretende acrescentar um recurso de favoritos).

Ainda assim, o Voxer e seus colegas representam uma novidade gratuita e realmente útil na comunicação – uma engenhosa mistura de mensagens de texto com chamadas telefônicas. Claro, esses aplicativos não funcionam bem quando sua internet estiver ruim, e são inúteis quando você está tentando falar com pessoas que não possuem um incrível smartphone com touch screen.

Mas tudo bem. Para essas pessoas, sempre restam os sinais de fumaça.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.