Motorola se recupera após Microsoft ter vencido três disputas judiciais no país e proibido vendas de alguns smartphones da marca

Reuters

FRANKFURT - A Motorola conseguiu nesta sexta-feira (5) uma rara vitória na Justiça alemã sobre a Microsoft, em meio à série de brigas por patentes entre empresas de tecnologia que disputam participação de mercado.

Uma corte de Mannheim concluiu que a Motorola Mobility, do Google, não violou uma patente da Microsoft que permite que aplicativos funcionem em diferentes aparelhos. Essa patente evita que criadores de aplicativos tenham que escrever um código para cada aparelho, economizando tempo e custos de desenvolvimento.

A Microsoft ganhou três casos de patentes contra a Motorola na Alemanha, e como resultado disso os smartphones com a tecnologia em questão não estão mais à venda no mercado alemão. "Essa decisão não muda as várias liminares que a Microsoft já ganhou", afirmou a fabricante de software.

A Motorola não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.