Período de testes pode ser de até uma semana e deve ser definido pelo desenvolvedor; cobrança começa imediatamente após término do período gratuito

O Google Play agora permitirá que os usuários testem aplicativos por um período definido pelo desenvolvedor antes da compra. O novo sistema, similar ao existente no Windows Marketplace , permite que o usuário baixe o aplicativo sem pagar nada e use por um período de até uma semana. O novo recurso só é válido para aplicativos que incluam uma assinatura, que deverá ser ativada pelo usuário após o período de testes para que o conteúdo continue acessível.

Google Play adota modelo de assinatura de conteúdo com período de testes
Reprodução
Google Play adota modelo de assinatura de conteúdo com período de testes

"O usuário será notificado pelo Google Play por e-mail que ele comprou uma assinatura que inclui um período limitado de testes", diz a empresa, na página do Google Play que explica o novo modelo de testes em aplicativos com assinatura.

Ao final do período de testes, o Google Play começará a cobrar o valor da assinatura no cartão de crédito cadastrado pelo usuário. Para evitar que isto aconteça, o usuário deverá cancelar a compra antes do final do período de testes.

O novo recurso só funciona em smartphones com o sistema operacional Android na versão 2.2 e aplicativo do Google Play na versão 3.5 ou superior. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.