Tamanho do texto

Fabricado pela Samsung, notebook tem sistema operacional focado em experiência na web e vem com 100 GB de espaço para armazenar arquivos no Google Drive

O Google anunciou nesta quinta-feira (18) um novo modelo de Chromebook, notebook com sistema operacional baseado no navegador Chrome (ChromeOS). Fabricado pela Samsung, o novo produto tem tela de 11,6 polegadas e trata-se do primeiro notebook da linha a usar processador de dois núcleos baseado na arquitetura ARM, de baixo consumo de energia.

LEIA TAMBÉM:
Entenda como funciona a computação em nuvem
Com ChromeOS, Google tenta reinventar computador

Novo Chromebook fabricado pela Samsung chegará às lojas com preço de US$ 250
Divulgação
Novo Chromebook fabricado pela Samsung chegará às lojas com preço de US$ 250

O novo Chromebook será vendido por meio do Google Play, loja online do Google, e de lojas de varejo nos Estados Unidos e no Reino Unido com preço de US$ 249 (cerca de R$ 505).

O preço é mais baixo do que dos Chromebooks já lançados pelo Google em parceria com a Samsung. O primeiro, lançado em 2010 , custa US$ 350. A linha foi renovada em maio de 2012 e os notebooks custavam US$ 450 e US$ 550 (versão com modem 3G).

O novo notebook tem espessura de 20 milímetros e pesa 1,8 kg, um pouco mais do que a versão do Chromebook lançada em maio. O produto possui 16 GB de memória interna, além de 100 GB para armazenamento de arquivos na nuvem por meio do Google Drive, 2 GB de memória RAM e conexão Wi-Fi e Bluetooth. O produto tem duas portas USB 2.0 e uma USB 3.0, entrada para cartão de memória SD e acompanha um headphone.

O design do produto, um dos pontos fortes, inclui um acabamento prateado, além de teclado completo em formato "ilha", que oferece mais espaço para a digitação. Outros destaques fica por conta da inicialização do sistema, que acontece em menos de 10 segundos, e da bateria de 6,5 horas, tempo maior do que da maioria dos modelos de notebooks disponíveis no mercado.

Entenda o ChromeOS

O sistema operacional do Google baseado no navegador Chrome foi lançado pelo Google em maio de 2012. A proposta do sistema é que o usuário execute todas as tarefas no ambiente web, ou seja, crie e armazene arquivos em aplicativos que não estão instalados no computador, mas que são processador a partir de um servidor que pode ser acessar por meio da web (nuvem).

Interface do ChromeOS ficou mais parecida com o Windows, para assustar menos os novos usuários
Divulgação
Interface do ChromeOS ficou mais parecida com o Windows, para assustar menos os novos usuários

Em maio de 2012, um ano após o lançamento do ChromeOS, o Google anunciou uma versão renovada do sistema, que busca atender os usuários desconfiados com sistemas baseados em web. O ChromeOS ganhou uma área de trabalho e uma barra de tarefas, como no Windows, onde os aplicativos podem ser fixados pelo usuário.

Todos os arquivos do usuário, como textos, fotos e vídeos, podem ser armazenados no Google Drive, serviço de backup em nuvem da empresa, ou em serviços similares, como o SkyDrive, da Microsoft. O novo Chromebook do Google, por exemplo, oferece 100 GB de espaço no Google Drive gratuitos durante os dois primeiros anos de uso do computador.