Apple processou Samsung por usar função multitoque em smartphones da linha Galaxy

Reuters

AMSTERDÃ - Um tribunal holandês decidiu nesta quarta-feira (24) que a Samsung não violou uma patente da Apple ao utilizar certas técnicas de tela multitoque em alguns de seus celulares inteligentes e tablets Samsung Galaxy.

LEIA TAMBÉM:
Justiça dos EUA decide que Samsung viola patentes da Apple

Smartphones da linha Galaxy não violam patentes da Apple, diz Justiça holandesa
Getty Images
Smartphones da linha Galaxy não violam patentes da Apple, diz Justiça holandesa

Samsung e Apple, as duas maiores fabricantes mundiais de celulares inteligentes, estão travando disputas de patentes em 10 países, no esforço por dominar o lucrativo mercado móvel e conquistar clientes com seus mais recentes aparelhos.

A Apple argumentou em setembro diante do tribunal de Haia que a Samsung havia violado sua patente quanto à função multitoque, que permite que usuários usem dois dedos ao mesmo tempo em uma tela sensível ao toque. "Com os produtos em questão, a Samsung não viola as patentes alegadas pela Apple", o tribunal afirmou em sua decisão.

A Apple abriu processo contra a Samsung e outros rivais por conta do recurso de zoom controlado por dois dedos, popular em celulares inteligentes e tablets.

No ano passado, a Apple viu negado seu pedido de uma liminar prévia, no tribunal holandês, e também saiu derrotada em disputas nos tribunais britânicos contra a HTC e nos tribunais alemães contra a Samsung e a Motorola Mobility, agora controlada pelo Google.

A Samsung afirmou que recebe com agrado a decisão do tribunal holandês, e a Apple não comentou imediatamente a questão. Haia tornou-se um importante campo de batalha judicial para os fabricantes de celulares e tablets, porque os tribunais da cidade são vistos como baratos, rápidos e eficientes.

A decisão do tribunal holandês surge antes de uma decisão da International Trade Commission dos Estados Unidos, que será anunciada sexta-feira, sobre as alegações de violações de patente da Apple pela Samsung.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.