Custo de produtos com tela sensível ao toque e Windows RT ainda é empecilho, mas Positivo pode encontrar pouca concorrência de fabricantes estrangeiros no Brasil

Com investimentos nos últimos anos em tablets e, agora, em smartphones com o sistema operacional Android, a Positivo parecia ter apostado todas as suas fichas na parceria com o Google. Outras plataformas, no entanto, estão no radar da equipe de Hélio Rotenberg, presidente da Positivo, como o Windows 8 , sistema operacional recém-lançado pela Microsoft.

Asus Tab é o único tablet com Windows RT com data marcada para estrear no Brasil
Divulgação
Asus Tab é o único tablet com Windows RT com data marcada para estrear no Brasil

"Não temos nenhum produto definido ainda, mas parece ser o caminho natural lançar outros produtos com Windows 8 no mercado brasileiro", disse Rotenberg durante coletiva de imprensa da Positivo realizada nesta segunda-feira (29), em São Paulo.

A empresa anunciou uma nova geração de tablets da linha Ypy e os primeiros smartphones e celulares básicos da marca, que chegam às lojas de todo o País nas próximas semanas.

A nova versão do sistema operacional da Microsoft já está presente em diversos desktops, notebooks e ultrabooks da marca, mas o custo é o principal fator que ainda impede seu uso em tablets e computadores híbridos fabricados no Brasil. "Estes produtos ainda são caros para o mercado brasileiro, principalmente por conta do custo da tela sensível ao toque que precisa atender aos padrões impostos pela Microsoft", diz Rotenberg.

Em um notebook com tela de 14 polegadas, diz Adriana Flores, diretora de desenvolvimento de produtos da Positivo, o custo de produção da máquina aumenta em R$ 500 para incluir uma tela sensível ao toque. Com isso, os preços ao consumidor final também sobem. Além disso, segundo ela, os computadores híbridos também enfrentam o desafio de "se mostrar duráveis para o consumidor".

"Em dois ou três anos vamos ter uma multiplicidade de formas de dispositivos móveis, mas os desktops e notebooks para criação de conteúdo ainda têm o seu espaço", diz Rotenberg. "Ainda estamos um pouco conservadores em relação a esses novos formatos."

Windows RT

O Windows RT, versão do Windows 8 para tablets com chips baseados em arquitetura ARM, já está presente em tablets de diversas fabricantes, como Asus, Dell, Samsung e até no Surface , tablet da Microsoft.

A maior parte dos fabricantes ainda não anunciou se os seus tablets com Windows RT chegarão ao Brasil e quando estarão disponíveis nas lojas. Por conta disso, se a Positivo lançar um tablet com Windows RT em breve, enfrentaria pouca concorrência.

Apenas a Asus anunciou a chegada de seu produto com Windows RT ao Brasil, o Asus Tab. O produto deve estar nas lojas até o final de novembro, mas a Asus ainda não divulgou o preço sugerido do produto. Nos Estados Unidos ele custa US$ 599 - para levar um teclado é preciso pagar mais US$ 199.

Aplicativos e conteúdo

Embora ainda não tenha lançado nenhum tablet com Windows 8, a Positivo já colocou aplicativos de conteúdo , como do portal "Mundo Positivo" na Windows Store, loja online de aplicativos para Windows 8. "Somos uma das primeiras empresa a desenvolver aplicativos para o Windows 8 mesmo antes do lançamento do sistema", diz Rotenberg.

Nos computadores da Positivo com Windows 8, que chegam ao mercado nas próximas semanas, a empresa já pré-instalou diversos blocos dinâmicos na página inicial do sistema, como acesso para conteúdo em 3D, loja de músicas, entre outros. "Nossos aplicativos rodarão em todas as plataformas", disse André Molinari, vice-presidente de negócios digitais da Positivo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.