Com sistema operacional Android, novos produtos fabricados pela empresa chegam às lojas em novembro, junto com novos modelos de tablets e computadores

Depois de fabricar computadores, e-readers e tablets, a Positivo anunciou seu mais novo projeto em um evento realizado nesta segunda-feira (29) em São Paulo. A empresa começa a fabricar smartphones e celulares básicos que devem chegar às lojas de todo o País durante o mês de novembro com preços entre R$ 220 e R$ 750.

Primeiro smartphone da Positivo tem tela de 4 polegadas e Android 4.0
Divulgação
Primeiro smartphone da Positivo tem tela de 4 polegadas e Android 4.0

O destaque é o smartphone Ypy S400, que tem tela sensível ao toque de 4 polegadas, suporte a dois chips e processador Snapdragon com dois núcleos.

O produto também oferece uma câmera traseira de 5 megapixels, outra frontal VGA e sensores de iluminação e proximidade, além de acelerômetro. Com Android 4.0 ou Ice Cream Sandwich, penúltima versão do sistema operacional liberada pelo Google, o Ypy S400 chega às lojas por R$ 750.

"Estamos investindo mais no design dos produtos. O Ypy S400 tem apenas 9,8 milímetros de espessura e pesa 138 gramas", disse Germano Couy, vice-presidente de produtos de consumo da Positivo Informática, divisão recém-criada para cuidar do segmento de celulares e tablets.

A empresa também lançou dois outros modelos de smartphones, o Ypy S350, que tem tela de 3,5 polegadas e suporte a dois chips, além de conexão Wi-Fi e Android 2.3 ou Gingerbread. O produto suporta cartão de memória de até 32 GB e já vem com aplicativos da Positivo pré-instalados. O aparelho chegará às lojas com preço de R$ 460.

O segundo modelo, chamado S350 Colors, é uma versão do smartphone com três capas coloridas diferentes nas cores preto, branco e vermelho. Ele também vem com um cartão de memória de 4 GB, o dobro do cartão que acompanha o S350 tradicional. Este modelo custará R$ 500.

Modelos mais básicos

Além de lançar alguns modelos de smartphone, a Positivo também quer ganhar os usuários de "feature phones", os celulares básicos, mas que permitem o acesso a internet e a alguns aplicativos, como de redes sociais. Os produtos não possuem conexão 3G, apenas 2G (EDGE), o que permite navegar na web com velocidade lenta.

A linha, que não usa a marca Ypy como os smartphones, inclui quatro modelos: o P200 e o P201 contam com tela de 2,3 polegadas, suporte para três chips de operadoras, oferece cartão de memória de 2 GB, câmera traseira de 3 megapixels e conexão Wi-Fi. O produto custará R$ 270. Outras versões, mais simples, com câmera de 1.3 megapixel e sem Wi-Fi, chegarão às lojas por R$ 220.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.