Novos processadores com arquitetura de 64 bits deve processar informações três vezes mais rápido do que os atuais

Reuters

Galaxy S III é um dos smartphones que usa chips com arquitetura ARM
Stella Dauer
Galaxy S III é um dos smartphones que usa chips com arquitetura ARM

LONDRES - A ARM lançou nesta terça-feira seus primeiros processadores de 64 bits destinados para rodar a próxima geração de smartphones e tablets, e oferecer soluções de baixo consumo de energia para servidores.

A empresa britânica de projeto de chips, cuja tecnologia é utilizada no iPhone 5, da Apple, e no Galaxy S III, da Samsung, disse que seus mais recentes projetos devem entregar processamento três vezes mais rápido do que os atuais com o mesmo consumo de energia.

A mudança para uma arquitetura de 64 bits --frente a um design de 32 bits atual-- dará a chips baseados no modelo da ARM mais poder de processamento, mas também reterá a eficiência energética central à sua tecnologia, segundo a empresa.

A ARM, que domina o mercado de processadores para o segmento de smartphones, começou a entrar também no segmento de servidores, um terreno comandado por sua rival Intel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.