Depois de governo do Gabão suspender o domínio Me.ga, DotCom anuncia novo domínio para serviço de compartilhamento de arquivos que estreia em 20 de janeiro

O novo serviço de compartilhamento de arquivos do fundador do Megaupload, o Mega, terá domínio na web baseado na Nova Zelândia. O endereço do novo site, que tem estreia programada para 20 de janeiro, poderá ser encontrado na internet por meio do endereço mega.co.nz. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (12) por Kim DotCom, fundador do site, por meio do Twitter.

LEIA TAMBÉM:
Novo Megaupload tornará impossível identificação de arquivos armazenados
Conheça Kim DotCom, o milionário por trás do Megaupload

Na semana passada, DotCom havia divulgado um outro domínio para o novo serviço de compartilhamento de arquivos: me.ga. O site seria hospedado em um domínio do Gabão. Contudo, por conta das acusações aos responsáveis por lavagem de dinheiro e pirataria online, o governo do Gabão, que controla os domínios com sufixo .ga, tirou o site do ar na última quarta-feira (7).

De acordo com DotCom, que divulgou detalhes sobre o novo serviço recentemente, o Mega encriptará os arquivos enviados pelos usuários no momento do upload, de modo que apenas o usuário tenha a chave de acesso para acessá-lo. Além de proteger a privacidade dos usuários, o novo recurso deve isentar os responsáveis pelo Mega de qualquer responsabilidade sobre o conteúdo armazenado pelos usuários.

Em janeiro de 2012, DotCom e vários executivos responsáveis pela empresa foram presos e o site fechado sob acusações de pirataria online e lavagem de dinheiro - principalmente por conta do uso do site para armazenar e compartilhar cópias piratas de músicas e filmes. Na época, o site conta com mais de 50 milhões de usuários em todo o mundo.

Confira abaixo algumas imagens de Kim DotCom em sua mansão de R$ 52 milhões:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.