China é o segundo mercado para a Apple no mundo, mas falta de novo modelo prejudicou participação de mercado da empresa

Reuters

XANGAI - O iPhone 5 da Apple recebeu a autorização final dos órgãos reguladores chineses, abrindo caminho para um lançamento em dezembro em um mercado altamente competitivo, onde a falta de um novo modelo havia prejudicado severamente a participação de mercado da empresa norte-americana.

iPhone 5, nova versão do smartphone da Apple
Getty Images
iPhone 5, nova versão do smartphone da Apple

LEIA TAMBÉM:
Anatel aprova venda do iPhone 5 no Brasil 

A China é o segundo maior mercado da Apple e seus fãs chineses aguardam ansiosamente pelo mais recente modelo do smartphone, que foi lançado nos Estados Unidos em setembro.

A Apple disse que o iPhone 5 será lançado na China em dezembro, mas a longa espera diminuiu a fatia de mercado da companhia pela metade no segundo trimestre, para 10 por cento, à medida que usuários trocaram de marcas ou aguardaram pelo novo modelo, mostraram dados da empresa de pesquisas IDC, em agosto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.