John McAfee diz que se apresentará às autoridades guatemaltecas ainda nesta terça-feira

Procurado pelas autoridades de Belize há três semanas por suspeita de assassinato, John McAfee, criador do antivírus McAfee e fundador da empresa de mesmo nome, continua a publicar relatos de sua fuga na internet. 

Antes da fuga: John McAfee em sua casa em Belize
Reprodução/Wired
Antes da fuga: John McAfee em sua casa em Belize

No texto mais recente publicado em seu blog, McAfee diz que conseguiu fugir para a Guatemala e se apresentará às autoridades daquele país ainda nesta terça-feira (4). O criador do famoso antivírus disse ainda que deve dar uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (5).

McAfee x Belize

Os problemas de McAfee com as autoridades de Belize, onde mora, começaram em maio deste ano. No dia 4 de maio, ele foi detido sob acusação de porte ilegal de armas . McAfee foi liberado poucas horas depois, após interferência da Embaixada dos Estados Unidos. 

Segundo McAfee, a prisão ocorreu porque ele teria se recusado a dar dinheiro para um político local. Desde então, segundo McAfee, as autoridades de Belize estariam fazendo de tudo para dificultar sua vida no país.

O episódio mais recente ocorreu no fim de outubro, quando um vizinho de McAfee, Gregory Faull, foi encontrado morto com um tiro na cabeça. Semanas antes do ocorrido, Faull havia prestado queixa contra McAfee por ameaça com arma de fogo.

Considerado suspeito, McAfee foi procurado pela polícia de Belize para ser interrogado, mas fugiu do país . McAfee alega que seria assassinado caso se entregasse.

Segundo McAfee, seu objetivo era chegar a um país fora da esfera de influência das autoridades de Belize. Na coletiva, que deve ocorrer amanhã, ele promete dar mais detalhes sobre sua fuga e seus desentendimentos com as autoridades de Belize.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.