Com perda de uma das seis patentes usadas ao acusar a Samsung de copiar o iPhone e o iPad, Apple pode receber uma indenização menor ou enfrentar novo julgamento

O escritório federal de patentes dos Estados Unidos invalidou uma patente importante da Apple, de acordo com reportagem do jornal The New York Times , o que pode dar novo fôlego para a Samsung no processo em que a Apple acusa a empresa de copiar o iPhone e o iPad. A patente, que inclui o movimento de pinça para ampliar ou reduzir uma imagem, faz parte da documentação que a Apple reuniu para comprovar suas acusações contra a Samsung.

LEIA TAMBÉM:
Como a Apple derrotou a Samsung no processo de patentes
Google defende Android após derrota da Samsung para Apple

Patente da Apple que inclui movimento de pinça para zoom é rejeitada nos EUA
Getty Images
Patente da Apple que inclui movimento de pinça para zoom é rejeitada nos EUA

Com a ajuda desta patente, a Apple conseguiu uma vitória contra a Samsung, que teve que pagar uma indenização de US$ 1,05 bilhão por danos causados à Apple. Em julgamento em agosto deste ano, o juri decidiu que esta e outras cinco patentes da Apple foram violadas pela Samsung ao desenvolver os aparelhos da linha Galaxy.

A patente da Apple, registrada sob o número 7.844.915, é relativa ao software que identifica se o usuário está usando apenas um dedo para rolar a tela ou dois ou mais dedos para fazer qualquer outros movimento que resulte numa ação diferente. O movimento mais popular deste tipo, coberto por esta patente, é o de pinça para aumentar ou reduzir uma imagem.

A intenção do escritório de patentes dos EUA de invalidar a patente da Apple foi revelada em um documento entregue pela Samsung à corte federal de San José (EUA). De acordo com o jornal, a Samsung afirma no documento que a nova informação sobre a patente deve ser considerada pelo juri ao avaliar sua solicitação de um recurso. A Apple deve recorrer ao escritório de patentes para modificar a decisão.

Se a Apple não conseguir convencer o escritório de patentes a modificar a decisão, é possível que a Samsung possa recorrer do resultado do julgamento de agosto. Segundo um especialista em patentes consultado pelo jornal, contudo, é mais provável que o juri decida reduzir o valor da indenização devida à Apple.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.