Empresa começa a perder assinantes de serviços um mês antes de anunciar nova versão do sistema operacional para smartphones, esperança da empresa para sair da crise

Reuters

A Research in Motion (RIM), fabricante dos smartphones BlackBerry, teve prejuízo operacional trimestral menor que o esperado, mas registrou sua primeira queda na base de assinantes praticamente um mês antes do importante lançamento de sua nova linha de smartphones com a nova versão do sistema operacional da empresa, o BlackBerry 10.

Em meio à crise, BlackBerry aposta em nova versão do sistema operacional, mas já perde clientes
Getty Images
Em meio à crise, BlackBerry aposta em nova versão do sistema operacional, mas já perde clientes

A companhia vendeu 6,9 milhões de smartphones no trimestre, mesmo com a base caindo para cerca de 79 milhões de usuários ante cerca de 80 milhões no período encerrado em 1º de setembro. A crise da empresa começou com a chegada do iPhone e aparelhos com Android ao mercado, que ofereceram um sistema operacional mais moderno aos consumidores.

O recuo fez as ações da empresa despencarem mais de 10% após o fechamento dos mercados na quinta-feira (20), também pressionadas por comentário da empresa de que irá alterar seu modelo de receita de serviços.

Excluindo eventos não recorrentes relacionados à reestruturação, a RIM teve prejuízo operacional de US$ 114 milhões, ou US$ 0,22 por ação, no terceiro trimestre fiscal encerrado em 1º de dezembro. Analistas, em média, esperavam prejuízo de US$ 0,35 por ação, segundo pesquisa da Thomson Reuters I/B/E/S.

A RIM, que espera retomar o rumo do crescimento com o lançamento da linha BlackBerry 10 no próximo mês, teve lucro líquido de US$ 9 milhões, ou US$ 0,02 por ação. Um ano antes, o lucro líquido havia sido de US$ 265 milhões, ou US$ 0,51 por papel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.