Empresa desistiu de incluir Galaxy S III mini em processo contra Samsung nos EUA, após fabricante coreana afirmar que não venderá o produto no país

Reuters

SAN FRANCISCO - A Apple concordou em desistir de reivindicações de patentes contra um novo telefone da Samsung que conta com tela de alta qualidade, após a empresa coreana ter dito que não venderá o produto nos Estados Unidos.

A Apple revelou o acordo em um documento enviado nesta sexta-feira (28) a uma corte da Justiça dos Estados Unidos em San Jose, Estado da Califórnia. Representantes da Apple e da Samsung não quiseram comentar.

No mês passado a Apple pediu que fosse acrescentados o Galaxy S III Mini e outros produtos da Samsung, incluindo vários modelos de tablets, a seu amplo litígio de patentes contra a Samsung.

Em resposta, a Samsung disse que o Galaxy S III Mini não estava disponível para venda nos Estados Unidos e não deve ser incluído no caso.

A Apple ganhou um processo de 1,05 bilhão de dólares contra a Samsung neste ano, mas não conseguiu garantir uma proibição permanente às vendas de vários produtos da Samsung, a maioria modelos mais antigos.

As patentes que a Apple está contestando sobre o Galaxy S III Mini são separadas daquelas que foram a julgamento. A Samsung começou a vender o Mini na Europa em outubro, para competir com o iPhone 5 da Apple.

Em seu documento à Justiça norte-americana nesta sexta-feira, a Apple disse que seus advogados foram capazes de comprar "várias unidades" do Mini no site da Amazon.com e que eles foram entregues no país.

Mas a Samsung argumentou que não está "produzindo, utilizando, vendendo, oferecendo-se para vender ou importar o Galaxy S III Mini para os EUA".

Baseada nisso, a Apple disse ter concordado em retirar suas reivindicações de patentes sobre o Mini, "contanto que essa remoção não prejudique a capacidade da Apple de, depois, acusar o Galaxy S III Mini se as circunstâncias mudarem".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.