Com cobertura completa do iG, evento deve apontar caminho da indústria em 2013, com novas TVs com resolução Ultra HD e smartphones com chips de quatro núcleos

A Consumer Electronics Show 2013, maior feira de tecnologia do mundo, começará nesta terça-feira (8) e termina no dia 11 (sexta-feira). O evento contará com a cobertura completa do iG , que já está em Las Vegas (EUA) para acompanhar todos os lançamentos e tendências da indústria de eletrônicos para 2013. A feira reúne mais de 3 mil expositores, entre elas grandes empresas como Samsung e Sony, e espera receber mais de 20 mil novos produtos.

CES 2013 começa amanhã, mas primeiras novidades serão divulgadas nesta segunda-feira (7) aos jornalistas presentes
Getty Images
CES 2013 começa amanhã, mas primeiras novidades serão divulgadas nesta segunda-feira (7) aos jornalistas presentes

Entre os lançamentos mais esperados para a feira estão as TVs Ultra HD , que oferecem telas gigantes com resolução de 3.840 pixels na horizontal e 2.160 pixels na vertical. Essas TVs também oferecem conexão especial para exibir conteúdo com resolução 4K e sua tela possui a proporção de 16:9. Até o momento, apenas a LG e a Sony oferecem TVs Ultra HD, com preços entre R$ 40 e 50 mil.

Chips de quatro núcleos

A CES 2013 também deve ampliar o número de smartphones e tablets com processadores de quatro núcleos à venda. Apesar de a tendência começar a aparecer já na CES 2012 e no Mobile World Congress, um dos maiores eventos de mobilidade do mundo, realizado em Barcelona (Espanha), os processadores de quatro núcleos devem começar a se popularizar em um maior número de aparelhos das linhas lançadas apenas agora.

Chips com vários núcleos são melhores porque dividem o processamento de várias tarefas em pequenos pedaços. Como isso, o dispositivo reduz o tempo para completar uma solicitação do usuário. O chip trabalha menos para concluir uma tarefa complexa, o que também ajuda o dispositivo a usar menos energia e, em tese, a bateria pode durar mais. No final das contas, ter um chip com mais núcleos permite que o dispositivo trabalhe mais rápido, gastando menos bateria.

"Phablets"

Estes novos chips aparecem em vários smartphones e tablets "topo de linha" apresentados pelos fabricantes no ano passado, em especial nos chamados "phablets": smartphones com telas maiores e algumas características similares às de tablets. Entre os principais representantes desta tendência estão o Galaxy Note , que já ganhou uma segunda versão em 2012, e o Optimus Vu , da LG.

Segundo analistas, os híbridos de smartphone e tablet devem ser um dos destaques dos grandes eventos de tecnologia em 2013, já que os fabricantes que ainda não oferecem um modelo deste tipo devem apresentar suas apostas . Segundo a Reuters, as fabricantes chinesas Huawei e a ZTE apresentarão seus primeiros "phablets" durante a CES 2013. As vendas destes aparelhos, segundo estudo da Ericsson, devem aumentar 900% nos próximos três anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.