Plataforma de vídeo do Google não se popularizou apesar do apoio de parceiros fortes

Lançado em 2010, o Google TV, sistema do Google para TVs inteligentes, foi apresentado pela empresa como o futuro das TVs conectadas. Mais de dois anos depois, porém, o sistema continua sendo apenas um coadjuvante no mercado.

LEIA TAMBÉM:
Ultra HD é a palavra da moda na CES 2013
Saiba mais sobre a tecnologia Ultra HD
Samsung e LG revelam TVs com tela OLED curva

Mesmo com apoio da LG, Samsung e Sony, Google TV não decola
ig
Mesmo com apoio da LG, Samsung e Sony, Google TV não decola

Na CES 2013, as duas principais fabricantes de TVs com Google TV, LG e Sony, dedicam espaços tímidos ao sistema em seus estandes.

A LG anunciou sete novos modelos com Google TV para este ano, mas no estande da empresa o sistema é exibido apenas em um aparelho, em uma área discreta. A situação se repente no estande da Sony, dominado pelas novíssimas TVs Ultra HD da marca.

As versão inicial do Google TV foi criticada por ser complicada de usar e exigir controles remotos desengonçados. Esses problemas foram aos poucos solucionados pelos fabricantes de hardware, que criaram controles mais confortáveis. Mas a concorrência do Google TV vem dos próprios fabricantes de hardware, que vêm dando mais destaque a seus próprios sistemas interativos de TV.

Aplicativos

Um dos diferenciais do Google TV em relação aos concorrentes é a grande quantidade de aplicativos. O sistema tem acesso à Google Play, loja de aplicativos do Android, e pode rodar muitos aplicativos criados originalmente para o sistema para celulares.

Mas esta vantagem também pode ser diminuída em breve com a evolução da Smart TV Alliance , aliança voltada para a criação de um padrão único para criação de aplicativos. Essa iniciativa vem ganhando força e, na CES 2013, recebeu o apoio oficial da Panasonic, que agora se une ao consórcio que já inclui LG, Toshiba e Philips.

Com o avanço da Smart TV Alliance, mesmo aparelhos de fabricantes com pouca tradição em aplicativos, como Toshiba e Panasonic, devem ganhar mais aplicativos em breve, diminuindo sua distância para o Google TV neste quesito.

*O jornalista viajou a Las Vegas (EUA) a convite da Panasonic.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.