Modelos mostrados na feira são protótipos e não têm data para chegar ao mercado

A tecnologia OLED, que permite a criação de telas mais finas e com menor consumo de energia do que as telas de LED e plasma, já está presente em celulares há alguns anos. Mas a migração dessa tecnologia para telas de tamanhos maiores tem sido lenta. O alto preço e a dificuldade em fabricar telas grandes com essa tecnologia são alguns dos motivos que impedem a popularização do OLED em TVs.

LEIA TAMBÉM:
Panasonic mostra TV OLED com tela de 56 polegadas
Ultra HD é a palavra da moda na CES 2013

A Panasonic apresentou uma TV OLED com tela de 56 polegadas durante a CES 2013
Reuters
A Panasonic apresentou uma TV OLED com tela de 56 polegadas durante a CES 2013

Na CES 2013, vários fabricantes anunciaram novidades na área, mas mostraram poucos produtos com data para chegar ao mercado. A LG começará a vender a primeira TV OLED de 55 polegadas em março nos Estados Unidos, mas esse modelo foi anunciado na edição de 2012 da CES.

Neste ano, a empresa apresentou novos aparelhos na feira. Eles têm tela curva, o que, segundo a empresa, melhora a experiência do usuário. Mas não há data ou preço dos aparelhos.

TV OLED com tela curva da LG faz sucesso na CES 2013
Divulgação
TV OLED com tela curva da LG faz sucesso na CES 2013

A Samsung também apresentou uma TV OLED com tela curva de 55 polegadas, mas não divulgou quando ela chegará ao mercado.

Panasonic e Sony mostraram TVs de OLED com resolução Ultra HD (4K), mas também não há previsão para que os aparelhos comecem a chegar ao mercado.

OLED x LED

Embora seja tecnicamente superior à tecnologia LED que atualmente domina o mercado, o futuro do OLED ainda é incerto. A tecnologia LED está consolidada e oferece uma qualidade de imagem excelente, principalmente no caso das novíssimas TVs com resolução Ultra HD (4K).

Como a fabricação do LED é mais barata e a qualidade das imagens é suficiente para atender às exigências da maioria dos consumidores, essa tecnologia pode se manter como padrão do mercado. Assim, a tecnologia OLED pode continuar restrita a celulares e outros aparelhos pequenos pelos próximos anos.

*O jornalista viajou a Las Vegas (EUA) a convite da Panasonic.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.