Departamento de segurança dos EUA recomenda que usuários desabilitem o Java no navegador, para evitar que computador sofra invasões

Após a Oracle liberar uma correção de segurança para o aplicativo Java no último domingo (13), o departamento de segurança do governo dos Estados Unidos afirmou, por meio de sua página oficial, que manterá o alerta aos usuários para desinstalar o programa. "A menos que seja absolutamente necessário rodar o Java em navegadores, desabilite-o", diz o comunicado.

LEIA TAMBÉM:
PDF, Flash e Java são novos alvos de ataques virtuais

O departamento de segurança do governo dos EUA já havia emitido um alerta sobre uma vulnerabilidade do Java na última semana, quando revelou que uma falha de segurança poderia permitir que um invasor execute um código malicioso remotamente, em um sistema vulnerável. A falha, segundo o órgão, atinge computadores com sistema operacional Windows, Linux e MacOS.

O Java é uma linguagem de programação amplamente utilizada por desenvolvedores em todo o mundo. Mais de 850 milhões de computadores em todo o mundo possuem o aplicativo do Java instalado, já que, sem ele, é impossível visualizar grande parte dos sites na web.

Para desabilitar o Java em seu navegador no Windows, o usuário deve acessar o painel de controle da máquina e clique no ícone do Java. Depois, vá até a aba "Segurança" e desmarque a caixa "Ativar conteúdo Java em meu navegador". Clique em "Aplicar", para salvar as alterações, e depois em "OK". Reinicie o navegador para que as alterações sejam aplicadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.