Correção de software evitará que invasores utilizem duas vulnerabilidades para atacar usuários que exibirem conteúdo em Flash no Windows e MacOS

A Adobe liberou nesta sexta-feira (8) uma atualização de segurança para o Flash Player usado em computadores com sistema operacional Windows (Microsoft) e MacOS (Apple). A atualização corrige duas vulnerabilidades de segurança que estão sendo usadas por invasores para atacar os usuários.

LEIA TAMBÉM:
Aplicativo permite reproduzir Flash no iPhone
Firefox bloqueará conteúdo em Flash

Apesar de somente o Windows e o MacOS serem considerados alvos para os invasores que exploram essas falhas, a Adobe liberou a atualização também para os usuários do Flash Player no sistema operacional Android, do Google, e no Linux.

De acordo com a Adobe, os ataques incluem tentativas de invasão quando enquanto os internautas navegam na internet por meio do navegador Safari, que já vem incluído no MacOS, mas também ao usar o Mozilla Firefox. No caso dos usuários de Windows, os ataques acontecem ao abrir documentos de Word que contenham conteúdo malicioso em Flash.

Proteção ao Office

O aviso da atualização que evita as invasões ao abrir conteúdo em Flash em arquivos do Office chega após a Adobe informar novos planos para evitar este tipo de ataque. Uma nova versão do Flash, que será liberada em breve, mostrará um aviso aos usuários antes de abrir ao conteúdo, após a abertura do arquivo.

A atualização funcionará apenas para usuários do Office 2008 e versões anteriores, que são mais exploradas pelos invasores. A empresa ainda não divulgou quando a atualização estará disponível.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.