Empresa pode lançar dispositivos móveis com sistema operacional do Google, além de novo chip da NVidia em breve

A HP pode voltar em breve ao mercado de tablets, com um novo dispositivo com sistema operacional Android, do Google. De acordo com fontes do site Read Write Web , o novo tablet da HP deve ser equipado com processador Tegra 4, o mais novo chip da NVidia anunciado durante a Consumer Electronics Show (CES) 2013, no início de janeiro. O novo produto deve ser anunciado em breve.

LEIA TAMBÉM:
Análise: Notebook HP Envy Beats capricha no design e no som

Junto com os tablets da Toshiba e Vizio, o novo tablet da HP com sistema Android pode ser um dos primeiros a chegar ao mercado com o mais recente chip da NVidia. Segundo a fabricante de chips, o Tegra 4 será lançado no segundo trimestre de 2013, com os primeiros modelos de produtos já no mercado até a metade do ano.

As fontes do site também afirmam que a HP pode lançar um smartphone com o sistema operacional Android. Ambos os produtos, apesar de chegarem com grande atraso no mercado em relação a concorrentes como Samsung e Motorola, poderão ajudar a HP a se reerguer. Apesar de continuar a ser a maior fabricante de PCs do mundo, a empresa atua apenas no mercado de computadores, que teve o pior quarto trimestre nos últimos cinco anos em 2012.

A HP não comentou os planos. A empresa recentemente apresentou seu primeiro Chromebook, notebook com o sistema operacional ChromeOS, do Google, o que pode indicar que a parceria entre as empresas pode se estender para outros dispositivos.

TouchPad fracassou

A HP lançou o tablet TouchPad em junho de 2011, quase um ano depois de a HP completar a compra da Palm, que desenvolveu o sistema operacional WebOS. O produto, aposta da empresa contra o iPad, chegou ao mercado com preço acima dos concorrentes, cerca de R$ 750 (US$ 550), nos Estados Unidos. Ele tinha tela de 9,7 polegadas, conexão Wi-Fi e Bluetooth, além de chip de 1,2 GHz com dois núcleos.

O tablet TouchPad, da HP, teve vida curta, de apenas dois meses, antes de ser cancelado
Getty Images
O tablet TouchPad, da HP, teve vida curta, de apenas dois meses, antes de ser cancelado

O preço alto, a falta de aplicativos e de câmera foram um dos motivos do fracasso nas vendas. Para tentar se recuperar, a HP promoveu seguidos cortes de preço no aparelho, medida que pouco ajudou. Em agosto de 2011, apenas dois meses após o lançamento, a empresa anunciou o fim da produção do tablet, mas ainda promoveu diversas liquidações para acabar com o estoque. No final, o produto era vendido a R$ 157 (US$ 99).

A empresa também lançou, no final de 2010, dois smartphones com o sistema operacional WebOS, que também desapareceram do mercado. Em agosto de 2011, após o anúncio do fim da linha de dispositivos móveis, o produto foi vendido em liquidações nos EUA e na Europa.

Depois da "morte" do TouchPad, rumores apontavam que a HP tentaria manter o sistema WebOS por meio de licenças para fabricantes de smartphones e tablets. A empresa, no entanto, decidiu liberar o código-fonte do sistema para qualquer desenvolvedor ou empresa fazer alterações. Com a mudança, qualquer fabricante pode usar o WebOS sem pagar nada à HP. Apesar disso, mais de um ano depois, nenhum fabricante adotou o sistema.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.