Apenas desenvolvedores residentes nos Estados Unidos poderão concorrer a protótipos do Google Glass

O Google anunciou nesta quarta-feira (20) que está expandindo o programa de criação de aplicativos para o Google Glass, projeto de óculos inteligentes que rodam sistema Android. A empresa abriu um concurso restrito a desenvolvedores de aplicativos residentes nos Estados Unidos.

Conheça os concorrentes do Google Glass

Quem preenche essas condições pode concorrer a um protótipo do Google Glass enviando uma mensagem com o seguinte tema "o que eu faria se tivesse um Google Glass?". Os óculos, porém, não sairão de graça. Os vencedores do concurso terão que pagar US$ 1.500 (cerca de R$ 3.000) para levar o Google Glass para casa. Mais detalhes sobre o concurso (em inglês), podem ser obtidos neste link .

Google Glass

Anunciado em junho do ano passado, o Google Glass é um dos projetos mais ambiciosos do Google. Ele consiste de uma discreta armação de óculos com um pequeno visor transparente ao lado do olho direito. Esse visor exibe informações como e-mails e notificações de celular.

Óculos do Google usarão vibração dos ossos do crânio para transmitir som

O Google Glass roda uma versão própria do Android e também tem uma câmera. Por meio dela, é possível tirar fotos em primeira pessoa com os óculos e enviar as imagens para a internet. Espera-se que uma versão comercial do Google Glass chegue às lojas até o fim deste ano. Os óculos já estão sendo testados internamente por funcionários do Google e por alguns desenvolvedores.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.