Empresas chinesas aproveitam espaço deixado por outras grandes companhias de tecnologia para anunciar seus melhores produtos e obter mais espaço na mídia internacional

Realizado anualmente em Barcelona, o Mobile World Congress (MWC) é indiscutivelmente o maior evento de celulares e tablets do mundo, com mais de 1,5 mil expositores. Nos últimos anos, porém, os nomes mais poderosos da indústria de tecnologia têm gradualmente apostado em eventos próprios, e diminuído sua presença em grandes eventos. Apple, Google e Microsoft não participam mais de feiras, e empresas como Samsung e Nokia preferem divulgar seus melhores produtos em eventos próprios.

Com a ausência de anúncios de impacto dessas empresas, surge espaço para outras grandes companhias lançarem produtos de ponta e aparecerem para a mídia internacional. Essa tem sido a estratégia das chinesas Huawei e ZTE.

Veja a cobertura completa do MWC 2013

Ambas estão entre as maiores fabricantes de celulares do mundo. Dados do IDC referentes ao último trimestre de 2012 mostram a Huawei como a terceira maior fabricante de smartphones do mundo, atrás de Samsung e Apple e com 10,8 milhões de unidades produzidas no período. A ZTE vem em quinto com 9,5 milhões de unidades produzidas, logo atrás da Sony.

Ambas as empresas, porém, têm boa parte de suas vendas no mercado chinês e não são tão conhecidas fora do continente asiático. Por isso, elas têm apostado em grandes feiras internacionais para divulgarem seus melhores produtos. 

Ascend P2 é destaque da Huawei

No estande da Huawei o maior destaque é o smartphone Ascend P2. O aparelho é o primeiro com chip LTE (tecnologia de redes 4G) de categoria 4, que permite downloads de até 150 Mbps desde que, obviamente, essa velocidade seja suportada pela rede. Para se ter uma ideia da velocidade suportada pelo aparelho, as redes 3,5G atualmente em funcionamento no Brasil têm velocidades médias em torno de 5 Mbps. Além disso, o Ascend P2 tem outras especificações que impressionam: processador de 1,5 GHz com quatro núcleos, tela de 4,7 polegadas e resolução de 1.280 x 720 e câmera de 13 megapixels.

E o Ascend P2 não foi o único lançamento da empresa no MWC. Ao contrário de empresas como Nokia e Samsung, que lançaram diversos smartphones de baixo custo, a Huawei lançou outro modelo sofisticado, o Honor 2. O aparelho é equipado com processador de 1,4 GHz, sistema Android 4.0 (Ice Cream Sandwich) e camera de 8 megapixels.

ZTE vai de phablet

A ZTE também apostou em um aparelho bombado para roubar as atenções no evento. O ZTE Grand Memo tem tela de 5,7 polegadas Full HD, que impressiona já no primeiro contato. O produto é a aposta da ZTE para competir no mercado de "phablets", smartphones com telas acima de 5 polegadas. Atualmente, o aparelho de maior destaque nesse segmento é o Galaxy Note II, da Samsung.

Outro destaque da ZTE foi o anúncio do ZTE Open , smartphone com o novo sistema Firefox OS. O aparelho será o primeiro com esse sistema a chegar ao mercado, em outubro deste ano. 

* A jornalista viajou a convite da Samsung

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.