Novo sistema de reconhecimento humano, desenvolvido na Universidade de Duke (EUA), poderá ajudar a identificar amigos em locais com grande circulação de pessoas

Um novo aplicativo de reconhecimento humano, criado pela empresa theHotMobile em parceria com o Google, poderá reconhecer pessoas, mesmo que seus rostos estejam escondidos. Desenvolvido para funcionar nos óculos do Google com Android, o Google Glass, ele reconhece pessoas pelas roupas que elas estão usando.

LEIA TAMBÉM:
Vídeo mostra mundo visto pelo Google Glass
Óculos do Google usarão vibração dos óculos do Google para transmitir som

Óculos do Google com Android podem ter aplicativo para identificar pessoas pelas roupas
Reuters
Óculos do Google com Android podem ter aplicativo para identificar pessoas pelas roupas

De acordo com o site da revista New Scientist , o novo aplicativo foi apresentado na semana passada, em um evento em Jekyll Island (EUA). Ele pretende ajudar os usuários a encontrar seus amigos em locais com grande circulação de pessoas, como shoppings centers, aeroportos e estádios de futebol.

Segundo a empresa, sistemas de reconhecimento facial não são eficientes nesses locais, já que as pessoas não estão olhando diretamente para a câmera.

O sistema começou como um projeto na Universidade de Duke, na Carolina do Norte (EUA), para desenvolver um sistema de reconhecimento baseado em uma "impressão digital fashion" de uma pessoa, baseada em suas roupas. O sistema considera desde as roupas, até jóias e outros acessórios, como óculos e chapéus.

Essa "impressão digital", segundo a empresa, é baseada em uma série de fotos de usuário com base em imagens de sites, e-mails e tweets. Essas imagens compõe um arquivo que identifica a distribuição espacial das cores, texturas e padrões encontrados nas roupas. Essas combinações tornam as pessoas mais fáceis de identificar em ângulos difíceis ou em longas distâncias. Em testes com voluntários, a equipe do projeto identificou as pessoas 93% das vezes, até mesmo quando eles estavam de costas para o usuário do óculos.

Para proteger a privacidade das pessoas, essa "impressão digital" muda cada vez que a pessoa troca de roupa. Por conta disso, o aplicativo ainda não tem nenhuma aplicação prática, mas demonstra o potencial de uma tecnologia que pode ser usada no futuro. Ela poderia ser utilizada, por exemplo, para indicar profissionais que usam uniforme, como policiais, ou para ajudar pessoas com "cegueira facial", uma desordem neurológica que impede as pessoas de reconhecer rostos, a identificar amigos.

Confira abaixo algumas imagens dos óculos do Google com Android:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.