Com retirada de aplicativos da interface MotoBlur, existente em todos os produtos da marca com Android, Google mostra novos sinais de influência na fabricante

Um ano e sete meses após o Google comprar a Motorola , muitos analistas ainda procuravam por sinais de que as duas empresas estejam funcionando mais integradas. Nenhum lançamento do Google por meio da Motorola ocorreu até agora, embora a empresa tenha feito parcerias neste período com Asus, LG e Samsung. No entanto, uma atualização de software liberada nesta semana indica que a situação pode estar mudando.

Razr Maxx, da Motorola, deve ganhar atualização sem aplicativos do MotoBlur em breve
Getty Images
Razr Maxx, da Motorola, deve ganhar atualização sem aplicativos do MotoBlur em breve

A Motorola liberou, para os Estados Unidos, a nova versão do Android (4.1.2 ou Jelly Bean) para os smartphones Droid Razr (Razr HD no Brasil) e Razr Maxx, com algumas alterações importantes na interface MotoBlur, adotada pela Motorola para customizar o Android.

Na página de suporte à atualização , a empresa afirma que a atualização removerá diversos aplicativos que integravam o MotoBlur, como Social Location, MotoActv, MotoPrint, Alarme, Timer, My Gallery e My Music.

No lugar desses aplicativos, a atualização colocará aplicativos nativos do Android, como o Google Music, Android Gallery e Google Clock. Além das substituições, a atualização cancela a integração do aplicativo MotoCast com outros aplicativos (ele passará a funcionar de maneira independente) e também os diversos widgets que faziam parte do MotoBlur. As mudanças podem indicar que, conforme o Google amplia a influência na empresa, o MotoBlur deve deixar de existir.

As significativas alterações no software dos dois aparelhos, os mais avançados da linha da Motorola, chegam em um momento em que rumores apontam que o primeiro smartphone desenvolvido pelo Google e Motorola está prestes a chegar ao mercado. Conhecido como "X-Phone", o novo produto pode ser anunciado em maio, durante o Google I/O, conferência anual do Google para desenvolvedores.

De acordo com fontes do blog especializado em tecnologia Boy Genius Report , o "X-Phone" poderá oferecer "recursos de software que não estão disponíveis nos smartphones da linha Galaxy ou no iPhone". O novo aparelho também pode chegar ao mercado com bateria de longa duração e câmera de alta resolução.

Atualização traz novos recursos

Entre os novos recursos que a atualização oferece ao Razr HD e ao Razr Maxx estão: o Google Now, aplicativo do Google que mostra informações contextuais para o usuário, como previsão do tempo, informações de trânsito e calendário; o modo de foto panorâmica no aplicativo de câmera, que se tornou mais intuitivo; o teclado, que prevê as próximas letras que o usuário digitará; a capacidade de dar zoom em fotos da galeria; e navegador Chrome.

Algumas outras tecnologias também foram melhoradas, como a estabilidade do sistema que mantém a conexão 3G/4G ativa. Além disso, a empresa reduziu o tempo que o aparelho leva para localizar o sinal de GPS e para sincronizar a agenda de contatos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.