Em apresentação no festival SXSW, empresa mostrou como funcionarão os apps do Gmail, do jornal The New York Times, Evernote, Path

Depois da novidade mais recente, o protótipo de tênis que "fala" e funciona integrado ao smartphone, o Google apresentou mais uma novidade durante o festival de música, cinema e tecnologia SXSW, realizado todo ano em Austin (EUA). Os engenheiros supreenderam em uma demonstração dos primeiros aplicativos desenvolvidos por terceiros para o Google Glass, os óculos do Google com sistema operacional Android.

Google Glass tem aplicativos confirmados do The New York Times, Path e Evernote
Divulgação
Google Glass tem aplicativos confirmados do The New York Times, Path e Evernote

De acordo com o site TechCrunch , que fez a cobertura do evento, os pioneiros serão o The New York Times, o serviço de armazenamento de notas na nuvem Evernote, e a rede social Path. A empresa também apresentou o aplicativo do Gmail para os óculos conectados, que deverá entregar apenas as mensagens mais importantes do usuário na tela do Google Glass.

No caso do jornal, o aplicativo deve mostrar as notícias mais importantes de hora em hora na tela do óculos. Ao levantar a cabeça, o aplicativo "entende" que o usuário quer mais detalhes da manchete e mostra fotos e o restante do texto. O Evernote permitirá que o usuário compartilhe fotos tiradas com a câmera do Google Glass: com um movimento no pequeno trackpad localizado na lateral dos óculos, o usuário poderá enviar fotos usando o recurso Skitch.

De acordo com os engenheiros do Google, ao compartilhar a foto por meio do Evernote Skitch, o usuário poderá acessar a imagem mais tarde, a partir do tablet, computador ou smartphone, fazer anotações na imagem e salvá-la em seu bloco de notas do Evernote. No caso do Path, o aplicativo também será usado para ver imagens, só que as que foram compartilhadas com os amigos. Com o trackpad, o usuário do Path no Google Glass poderá escolher um emoticon para expressar como se sente em relação à foto, sem a possibilidade de escrever comentários.

Diretrizes para desenvolvedores

Durante o evento, os engenheiros do Google afirmaram que os aplicativos para Google Glass devem seguir alguns princípios, para que ele ofereça uma boa experiência de usuário: "design específico para óculos", "não fique no caminho", "mantenha atualizado" e "evite o inesperado". Elas poderão ser usadas pelos desenvolvedores quando o Google liberar a interface de programação de aplicativos (API) Mirror, que deverá ser usada para criar aplicativos para o Google Glass.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.